Mão dupla na BR-040 inicia e retira trânsito da Duarte da Silveira



A mão dupla em trecho de três quilômetros na BR-040 – NO SENTIDO Juiz de Fora –Rio de Janeiro -  iniciou na madrugada desta sexta-feira (17.11) e retira o trânsito de veículos, incluindo os de carga, da Duarte da Silveira. A Companhia de Trânsito e Transportes (CPTrans) acompanhou o início da operação  e vai permanecer fiscalizando a alteração.

          Além dos três quilômetros em meia pista foi providenciada uma “alça” emergencial para o Rio permitindo desviar o trânsito pesado pela BR-040 deixando os veículos de acessar o bairro Duarte da Silveira. A mudança – desvio em uma agulha -  foi feita após o túnel do Quitandinha.

No sábado (11.11), o prefeito Bernardo Rossi realizou uma vistoria e verificou no local abandono de material para asfaltamento e a intervenção paralisada. Após a prefeitura pressionar, sob ameaça judicial, na segunda (13.11) teve início a pavimentação do trecho que servirá de escape para o Rio.

“Essa é uma questão fundamental para a nossa cidade, que não pode perder nem na economia e nem no turismo. A mão dupla resolve o acesso ao Rio de veículos pesados e leves e tira da Duarte da Silveira o desvio”, afirma o prefeito Bernardo Rossi.

Como funciona a mão dupla:

A pista sentido Juiz de Fora, vai operar em mão dupla, entre o km 81 (logo após o Túnel do Quitandinha) e o km 78. Para quem trafega no sentido Rio de Janeiro, o acesso ao trecho de mão dupla se dará na altura do km 80, onde houve o desastre que abriu a cratera na estrada. O tráfego seguirá por mão dupla até o retorno existente pouco antes do Túnel do Quitandinha. O trecho de mão dupla vai operar com velocidade limitada a 50km/h. Ultrapassagens serão proibidas.

A operação da mão dupla vai eliminar também os desvios adotados desde o último dia 7 pela BR-393 (a Rodovia do Aço) de onde há acesso para a Dutra- para carretas -  para veículos de carga. Também será encerrado o desvio pelo Duarte da Silveira que estava sendo feito há pouco mais de uma semana.