Bernardo Rossi visita Hospital Alcides Carneiro onde a Secretaria de Saúde aplicará melhorias no centro cirúrgico e ginecologia



O prefeito Bernardo Rossi esteve no centro cirúrgico e no setor de ginecologia do Hospital Alcides Carneiro na manhã desta sexta-feira (17.11) em mais uma vistoria à unidade de saúde.  A visita ocorre após o município conseguir a habilitação estadual de leitos de unidades intermediárias e intensivas. Esse é o primeiro passo para que elas sejam mantidas com recursos federais, o que vai permitir que o município invista em mais serviços. O centro cirúrgico do HAC, que conta com seis salas cirúrgicas, realizou quase 3,5 mil procedimentos e partos apenas entre maio e outubro, um aumento de 12,3% na comparação com o mesmo período do ano passado.

“Nós estamos trabalhando para trazer cada vez mais melhorias para o HAC, com a única finalidade de atender cada vez e melhor os pacientes. Este ano, nós já conseguimos ampliar o atendimento no maior hospital de Petrópolis e vamos continuar buscando cada vez mais investimentos para oferecer mais qualidade para a população”, disse o prefeito Bernardo Rossi.

Uma das sugestões é ampliar o Centro de Material e Esterilização (CME). Esta é a sala onde todos os materiais cirúrgicos e que são usados nos pacientes são esterilizados. Com o aumento do número de cirurgias, também sobe ao mesmo tempo a utilização de insumos e dos equipamentos necessários para os procedimentos.

“O hospital vem crescendo e o CME precisa crescer junto. É preciso fazer uma obra para aumentar esse espaço para que a gente tenha ainda mais capacidade para fazer cirurgias”, explicou a chefe do centro cirúrgico, Rosângela Amaral.
O centro cirúrgico recebeu, por exemplo, o mutirão de reconstrução mamária no fim de outubro. Cinco mulheres em tratamento contra o câncer de mama fizeram a cirurgia. O mastologista Carlos Vinícius Pereira Leite, referência no estado na área, recebeu o prefeito na área de ginecologia e ressaltou a importância de pequenas reformas que tornem o setor ainda mais acolhedor para a mulher em tratamento.

“Dessa forma, a mulher vai se sentir melhor neste ambiente e certamente isso vai contribuir para o tratamento dela. Já temos conseguido grandes resultados e é possível ampliar isso ainda mais”, afirmou.

No início desta semana, o município teve aprovado   Intergestores Bipartite do Rio de janeiro (CIB/RJ) o pedido de habilitação de 67 leitos dos hospitais Alcides Carneiro, Santa Teresa e Sanatório Oswaldo Cruz para serem custeados pelo Ministério da Saúde. Agora, a proposta vai para análise do governo federal. Hoje, estes leitos são mantidos pelo município. A passar para o governo federal, a prefeitura vai poder redirecionar os recursos para outras demandas da rede pública de saúde.

Grávida de sete meses, Bianca Ferreira está sendo acompanhada pelo HAC pela gravidez de alto risco. Ela conversou com o prefeito durante a visita.

“Minha gravidez é de alto risco e vou ter meu parto aqui no Alcides Carneiro. Tenho sido bem tratada toda vez que venho aqui.Para a gente que precisa desse hospital, é muito bom saber que tem sido feito melhorias por aqui”, afirmou ela.

A visita ao HAC foi acompanhada pelo vice-prefeito Baninho e pelo secretário de Saúde, Silmar Fortes.