Agendamento de consultas na UBS Retiro passa a ser semanal para acabar com as filas

120 vagas são oferecidas por semana

Unidade funciona de 7h30 às 20h com 5 clínicos e 3 pediatras

Piloto na rede de atenção básica, o agendamento de consultas na UBS do Retiro agora é feito quatro vezes por mês, ao invés de apenas uma.  Os testes iniciaram há 15 dias e mostra que houve distribuição de pacientes pelos novos dias de marcação de consultas. São 600 pessoas que utilizam a UBS  por mês e nestes primeiros 15 dias de testes, 200 pessoas, procuraram o posto e agendaram suas consultas, sem filas e sem precisar estar de madrugada aguardando vaga.

A meta é estender o novo sistema de marcação de consultas para toda a rede. “O atendimento tem de ser digno. Esta é a proposta da saúde. Temos uma crise financeira e poucos recursos, mas há melhorias em curso que beneficiam a população”, classifica o prefeito Bernardo Rossi.

A iniciativa começou em fase de testes há duas semanas, com 120 vagas ofertadas (por semana) para que o paciente seja agendado todas às terças-feiras para atendimentos de quarta a sexta-feira ou até a semana seguinte. Na unidade há 5 médicos clínicos e 3 pediatras com atendimento até o terceiro turno – de 7h30 às 20h.

A expectativa da Secretaria da Saúde é que a implantação seja ampliada a curto prazo em todas as unidades de saúde.“Nossa meta é acabar com as filas. Iniciamos pela UBS do Retiro que é uma unidade que concentra um grande número de atendimentos mensalmente e observamos que por ser mensal, além do problema com as filas, havia o problema das faltas às consultas. Agora é semanal, o paciente vem aqui às terças e já é agendado até na mesma semana”, explica Silmar Fortes, secretário de Saúde.

A enfermeira da UBS Retiro, Natasha Pereira da Silva anuncia que em novembro será criado um grupo de hiperdia - portadores de hipertensão arterial e/ou diabetes.

“O que observamos durante o acolhimento nestas duas semanas de testes é que a grande maioria dos pacientes são hipertensos ou diabéticos ou com ambas as doenças. Então estamos criando um grupo de apoio que será lançado mês que vem para proporcionar o acompanhamento à esses pacientes, atividades em grupos, orientações sobre o controle das doenças, entre outras atividades”, anuncia.

A aposentada Celina Gomes, moradora do Vale dos Esquilos, aprovou o novo sistema de agendamento e a criação do grupo, assim que for criado, ela já vai se inscrever para participar.

“Eu estive aqui semana passada, acabou que nem precisou, porque eu vi que até sobrou número. Eu tenho hipertensão e tenho que vir sempre ao médico até para renovar a receita do medicamento, já me interessou a criação do grupo no posto e vou querer participar”, disse Celina Gomes.

Para a aposentada Maria Aparecida Ferreira, do Atílio Marotti, também agendou a consulta pelo novo sistema e já vai avisar aos vizinhos que o sistema mudou.

“A gente já acostumou vir muito cedo, o posto abre as 7h30 eu já tive dia de vir 4h. Agora está muito melhor e o controle também está bom pois só podemos pegar um número, tinha muitas pessoas que vinha para pegar vários números, agora isso acabou. Para mim foi muito bom, daqui a pouco a população acostuma que não precisa mais vir cedo para a fila para pegar número”, avalia a aposentada.

Comentários