Aplicativo para uso de táxi em Petrópolis deverá chegar para iOS em meados do próximo mês



Programado para entrar no App Store no último domingo (24.09), o aplicativo Táxi Net Petrópolis deverá chegar à loja da Apple até meados do próximo mês. A garantia é da empresa responsável pela elaboração do software, que informou ter tido problemas para disponibilizar o app para celulares iPhones devido aos gráficos incompatíveis com o sistema operacional. Com isso, a empresa garantiu que já trabalha em uma solução, uma plataforma container chamada Táxi Cidade, onde será possível encontrar o Táxi Net Petrópolis e utilizá-lo por meio desse serviço.

            Com apenas dois dias no ar, o aplicativo já conta com 183 cadastros concretizados e mais de 50 taxistas do Centro, Itaipava, Corrêas, entre outros pontos, utilizando o app para garantir suas corridas. Primeiro usuário do Táxi Net Petrópolis, o professor de matemática Marcelo Monsores ficou satisfeito com o serviço prestado. Ele explica que costuma usar táxi para se deslocar, já que dá aulas particulares, e que, com o aplicativo, ganha tempo e comodidade.

            “Achei ótimo o aplicativo. Logo que chamei fui atendido pelo Luiz Alberto, que prestou um serviço excepcional. Agora, quero usar a função de programação que tem dentro do aplicativo. Isso vai me dar mais tempo e tranquilidade ao programar e ME deslocar para ir às aulas. Além disso, tem a questão da segurança, porque quando o taxista aceita a sua corrida, você sabe quem é ele, qual o carro em que está, a placa do veículo e a foto do próprio taxista. Como usuário deste tipo de aplicativo, achei o de Petrópolis bem completo”, elogia Marcelo.

            Para usar o aplicativo basta fazer o download gratuitamente no Google Play, realizar o cadastro com os dados pessoais e com apenas um clique, necessário para inserir a localização do usuário, já é possível solicitar o taxista. Basta esperar alguns segundos até que a solicitação chegue ao profissional que está mais próximo ao local de origem e que ele aceite a corrida. O cliente, então, recebe informações sobre o condutor, sua localização e o tempo estimado de chegada ao lugar de espera. O usuário pode, ainda, fazer o pagamento via cartão de crédito ou no dinheiro.

            “O aplicativo nasce da necessidade de modernização tecnológica. Em diversas cidades existe um parecido e nosso município carecia desse tipo de aplicativo. Desta forma, busquei uma empresa para desenvolver o software e garantir a segurança nas transações, mas só após a liberação é que fui informado do problema para o iOS. Tão logo, eu entrei em contato com a empresa e ela me explicou que já estava providenciando o ajuste e dando o prazo para até meados do próximo mês para poder disponibilizar o serviço”, explica o taxista Kléber Soares, responsável pelo Táxi Net Petrópolis.

A expectativa é que haja o crescimento gradativo de usuários e que toda a frota de cerca de 550 táxis esteja presente para auxiliar o usuário. Pela plataforma, a CPTrans vai conseguir garantir a qualidade no serviço prestado pelos permissionários.

“Após a corrida, o passageiro tem a opção de fazer a avaliação do motorista. Isso nos garante que o petropolitano ou turista que utilize o serviço de táxi dê um feedback e que a gente consiga premiar aquele profissional que tenha se destacado. Isso garante, também, segurança para ambos. Uma vez que a gente consegue saber qual o taxista que está atendendo a uma chamada e também quem foi o cliente que a solicitou. Ou seja, é um serviço que traz comodismo, conforto e segurança a quem utilizar”, destaca o diretor-presidente da CPTrans, Maurinho Branco.

Comentários