Prefeitura de Petrópolis inicia cronograma de cursos gratuitos para profissionais informais



Capacitação sobre boas práticas para serviço de alimentação ocorre dia (25)

O número de microempreendedores individuais (MEI) e de profissionais informais vem crescendo no município. Em Petrópolis são 22.700 pessoas cadastradas com MEIS exercendo variadas funções. Acompanhando o crescimento do mercado, a Prefeitura iniciou um cronograma ofertando capacitações para esses trabalhadores de forma gratuita. A iniciativa é uma integração entre as Secretarias de Saúde e de Desenvolvimento Econômico com a programação de um minicurso por mês, a ser realizado na Casa dos Conselhos, ao lado da prefeitura.

A primeira capacitação ocorre na próxima sexta-feira (25.08) de 8 às 12h com 50 vagas disponíveis. A proposta é promover a orientação sobre as boas práticas para serviços de alimentação. O curso é direcionado a manipuladores de alimentos que já atuam no comércio, bares, restaurantes, pizzarias e aos vendedores ambulantes.

Em Petrópolis são 22.700 pessoas cadastradas como microempreendedores individuais (MEI). A Secretaria de Fazenda realizou um levantamento, de janeiro a julho ,sobre a emissão de alvarás no período. São 646 novos microempreendedores individuais, 225 microempresas, 54 profissionais autônomos, 13 empresas LTDAs, 29 empresas de pequeno porte (EPP) e 27 Empresas Individuais de Responsabilidade Limitada (EIRELI) e uma sociedade anônima. 

Inscrições para curso de manipulação de alimentos estão abertas

Estão abertas as inscrições para o minicurso de boas práticas para serviços de alimentação que será realizado sexta-feira (25.08), de 8 às 12h na Casa dos Conselhos, ao lado da prefeitura. São 50 vagas disponíveis onde o trabalhador aprenderá como manipular alimentos de forma segura e com menos risco sanitário para o público. Para se inscrever basta enviar o nome completo para o e-mail covisapetropolis@gmail.com ou pessoalmente na sede da Vigilância Sanitária. As inscrições estarão abertas enquanto houver vagas disponíveis.

De acordo com Dayse Carvalho, coordenadora da Vigilância Sanitária, durante o encontro, os participantes receberão o treinamento de acordo com as recomendações daRdc Anvisa 216 de 2004.

“Eles receberão material gráfico educativo em forma de cartilhas. A proposta é mostrar as formas seguras de atuar no segmento. O curso vai desde a aquisição do alimento, preparo, transporte, a conservação dos alimentos tantos crus, em conserva ou já prontos e a forma de servir para o comércio. Objetivo de prevenir contra as doenças transmitidas por alimentos conhecidas como intoxicação alimentares”, disse Dayse Carvalho, coordenadora da Vigilância Sanitária.

Ela também anuncia que haverá cursos para a população mensalmente até o fim do ano. Os próximos serão nos dias 22 de setembro, 20 de outubro, 17 de novembro e 15 de dezembro, todos ministrados na Casa dos Conselhos de 8 às 12h. “Todos os cursos são gratuitos e abertos à população. Nós estamos montando o cronograma de temas, mas em setembro teremos o minicurso pedicures, manicures e podólogos, com foco em biossegurança, já que é um mercado em ascensão no município”, anuncia Dayse Carvalho.

A Vigilância Sanitária está localizada à Avenida Dom Pedro I, 353, Centro, e funciona de segunda a sexta-feira, de 8 às 17h. Os telefones de contato são: (24) 2246-9041 e 2246-9209.

Comentários