Secretário Chefe de Gabinete utilizada as redes sociais para reafirmar compromissos da Prefeitura de Petrópolis com a causa animal

Conselho de Proteção Animal, Castramóvel, volta das parcerias para castrações e a substituição das charretes foram citadas para o segundo semestre. 

Após a repercussão de uma notificação do Código de Posturas da Prefeitura de Petrópolis, RJ, entregue a uma comerciante que colocou um pote com água para animais de rua na porta de seu estabelecimento - atendendo a uma determinação do Ministério Público - para que o município fiscalizasse objetos colocados nas calçadas em apoio aos animais, Renan Campos, Secretário Chefe de Gabinete, utilizou as redes sociais para defender ações do governo em prol da causa animal.


A Câmara Municipal aprovou no último dia 13/07, o Projeto que cria o Conselho Municipal de Proteção e Defesa dos Animais (Comupa). Na justificativa, o prefeito Bernardo Rossi destacou que é “inquestionável a importância dos animais para o equilíbrio do meio ambiente, sendo o controle populacional das espécies, a prevenção e controle de doenças e zoonoses e o combate aos maus tratos questões de saúde pública e interesse coletivo”.

 “O Conselho terá como objetivo, proteger e defender os animais de maus tratos, abandonos e exploração. Sejam eles domésticos, domesticados, de trabalho e tração, bem como contra sacrifícios, extermínio e vivissecção de animais. Além de formular e propor e avaliar diretrizes para políticas públicas de proteção e defesa dos animais. O projeto de criação do Conselho Municipal de Proteção Animal é mais um avanço para a proteção dos animais do município”, frisa a vereadora Gilda Beatriz, autora da Indicação Legislativa.  

O conselho será composto por 24 integrantes: metade será indicada pelo Poder Público e a outra metade será indicada pela sociedade civil organizada.