Prefeitura de Petrópolis contrata empresa para manutenção de iluminação pública



O serviço de manutenção corretiva da rede de iluminação pública será realizada pela empresa FM Rodrigues & Cia. Ltda. O contrato emergencial foi assinado na tarde desta quarta-feira (12.07) e tem validade de seis meses ou até que a licitação, interrompida por determinação do  Tribunal de Contas do Estado (TCE), seja concluída.  Nesta quinta (13.07), o setor de iluminação pública da prefeitura e a empresa vão se reunir para traçar todo planejamento de trabalho, que será iniciado já na semana que vem.

A intenção é atender toda a demanda já apresentada pela população no menor prazo possível. Para isso, serão priorizados os bairros com maior número de solicitações e o trabalho em ruas de maior movimentação de veículos acontecerá à noite, para não atrapalhar nem o trânsito nem o serviço.

“Nós estávamos empenhados em apresentar a solução para esse problema e atender os pedidos apresentados pela população. Agora, todo serviço será acompanhado de perto pelo setor de iluminação pública e, ao mesmo tempo, vamos continuar trabalhando para realizar a licitação”, explicou o secretário de Administração, Marcus von Seehausen. A concorrência para definir a empresa que faria o serviço estava marcada para o último dia 28, mas teve que ser adiada após o TCE solicitar alterações no edital.

Duarte da Silveira, Quitandinha, Floresta, Fazenda Inglesa, Castelânea, Cascatinha, Siméria e Rua Teresa são alguns dos locais onde os moradores apresentaram solicitações de troca de lâmpadas, limpeza das luminárias, entre outros serviços.

“Esse é um serviço muito importante e, por isso, vamos garantir que a manutenção seja eficiente. A iluminação pública é uma questão de segurança e, agora, a população poderá ficar mais tranquila porque toda a demanda que foi feita será executada”, destaca o secretário de Serviços, Segurança e Ordem Pública, Djalma Januzzi.

A antiga empresa que fazia a manutenção da rede interrompeu o contrato  em março sem cumprir ordens de serviço feitas pelo setor de iluminação pública e fazendo trabalho que não foi demandado. Além disso, cobra uma fatura maior do que o serviço efetivo efetivamente prestado.  Com a recusa da prefeitura em pagar indevidamente, o contrato foi interrompido.

A FM Rodrigues é uma empresa fundada em 1968 em São Paulo e trabalha para a Eletropaulo e a Light. É ela que fez, por exemplo, a iluminação do Estádio do Pacaembu, na capital paulista. A contratação foi feita ao preço de R$ 252 mil por mês para cuidar de 40.805 pontos de luz na cidade.  

“A licitação prevê a expansão da rede, por exemplo, além de uma série de ações de melhorias. Neste contrato temporário, diante da urgência de restabelecer a iluminação em vários pontos, a empresa está contratada exclusivamente para a manutenção, ou seja, para fazer funcionar os pontos de luz existentes. A expansão de rede vai ser feita quando a licitação definir a empresa que vai operar o serviço”, aponta Marcus von Seehausen.

É possível pedir manutenção da rede de iluminação pública pelo telefone 2233-8165 ou pelo site da prefeitura (www.petropolis.rj.gov.br), no ícone de iluminação pública na lista à direita.

Comentários