sábado, 15 de julho de 2017

Agora é Lei: Petrópolis é oficialmente a Capital Estadual da Cerveja

            

Berço da cerveja, Petrópolis é oficialmente a Capital Estadual da Cerveja. Foi publicada nesta sexta-feira (14.07) e sancionada na quinta (13.07), a lei que concede ao município o título que valoriza uma das vocações da Cidade Imperial. O reconhecimento oficial chega logo após o sucesso da Bauernfest, onde foram consumidos 138 mil litros de chope em 10 dias de evento. Com a chancela, Petrópolis se consolida ainda mais no mercado cervejeiro, inclusive no segmento artesanal, na produção e em especial no turismo voltado ao setor.

            “Na véspera do nosso mais importante evento, a Festa do Colono Alemão, fomos agraciados com a notícia da aprovação do projeto de lei. E agora, que ainda comemoramos o sucesso do evento, temos mais um motivo a celebrar com esse título oficial. É um reconhecimento importante a um segmento forte em Petrópolis, em evolução não apenas na produção, de maneira geral, mas nas ramificações, como a produção artesanal e no turismo cervejeiro, um dos nossos grandes atrativos. Fico grato aos deputados e governador que entenderam a importância desse título à cidade”, destacou o prefeito Bernardo Rossi. 

            Aprovado por unanimidade em 22 de junho pela Assembleia Legislativa do Estado do Rio de Janeiro (Alerj), agora é lei o projeto de autoria dos deputados estaduais Gustavo Tutuca e Marcus Vinícius Neskau. Com a norma, a cidade pode criar mecanismos de incentivo e desenvolvimento de ações para a divulgação do título, que reforça a importância de Petrópolis no segmento cervejeiro. 

            “É muito gratificante poder conceder ao município de Petrópolis o título de Capital Estadual da Cerveja. A cidade já possui tradição na produção, tanto industrial quanto artesanal. O título vai proporcionar uma marca oficial que terá utilidade turística e ajudará no crescimento da cidade e no fomento do setor” comemorou o deputado Gustavo Tutuca.

            Para o secretário da TurisPetro, Marcelo Valente, a chancela de Capital Estadual da Cerveja vai agregar ainda mais valor ao turismo voltado para o segmento, além de incentivar ainda mais a consolidação do Circuito Cervejeiro de Petrópolis.

“Estampar o título de Capital Estadual da Cerveja é uma honra para Petrópolis, que já é conhecida por sua tradição cervejeira até mesmo por ser berço dessa bebida tão apreciada pelo público. E certamente termos essa chancela vai impulsionar o segmento, tanto na produção como no Turismo. O setor ganha mais força com essa marca, tornando Petrópolis um destino ainda mais importante, diverso e atrativo. E isso nos mostra, também, a importância da consolidação do Circuito Cervejeiro de Petrópolis, que já estamos trabalhando junto à iniciativa privada”, comemora o secretário.

Título fomenta a produção e o Turismo em Petrópolis

Com o título, Petrópolis se destaca ainda mais no segmento cervejeiro. “Aumenta a nossa responsabilidade em ter o nosso circuito atuante. Mas certamente ter esse título aumenta também a nossa visibilidade e temos que trabalhar com isso, pois é um grande impulsionador do Turismo. Temos, mais que nunca, um grande produto que colocamos na prateleira do mercado. É uma vitória muito grande e dá fôlego para consolidarmos o nosso circuito”, disse o empresário da produção artesanal, Rodrigo Duarte.

Comprovando a vocação e crescimento no setor, Petrópolis hoje já conta com 19 cervejarias artesanais, sete delas indústrias e 12 as chamadas ciganas – que são aquelas que utilizam a estrutura de outras cervejarias para a criação e produção dos rótulos. Além delas, existem na cidade mais de 60 cervejeiros de panela – os que fabricam em casa, para consumo doméstico, mas acabam ganhando força e se tornam cervejarias, como as 19 hoje existentes na cidade.

Nenhum comentário: