sábado, 24 de junho de 2017

Vereadora, COBEA e CPTrans fiscalizam charretes (Vitórias) no dia da abertura da Bauernfest



Uma vistoria realizada na última sexta-feira (23.06), dia da abertura da Bauernfest, em conjunto pela Coordenadoria de Bem Estar Animal, órgão ligado à Secretaria de Meio Ambiente de Petrópolis, Região Serrana do Rio, pela Companhia Petropolitana de Trânsito e Transportes (CPTrans) e pela vereadora Gilda Beatriz, constatou irregularidades em alguns animais e veículos das Vitórias – como são conhecidas as charretes no município.


“Um dos animais apresentou uma lesão no casco do membro anterior esquerdo, tendo sido requerida a apresentação de laudo do veterinário responsável, após afastamento de 05 (cinco) dias para que possa retornar à atividade. Foi determinado ainda que haja melhoria na espuma do pescoço, cuja ausência de espessura adequada já lesionou a crina. Em outro caso, o cavalo apresentou claudicação moderada do membro anterior direito, escore corporal baixo (3). Foi requerido a apresentação de laudo do veterinário responsável, após o afastamento de 03 (três) dias para que possa retornar à atividade. Alguns animais apresentaram também irritações nos olhos e identificamos que em outros casos a espuma de proteção era insuficiente, tendo sido determinada troca mesma da retranca do lado esquerdo. Em um dos casos foi requerida a troca de todas as ferraduras. O proprietário comprometeu-se a trocar assim que recolhesse os animais, neste mesmo dia”, disse o veterinário Dr. Vitor Nathan, acompanhado pela Coordenadora de Bem Estar Animal, Elisabete de Amorim que garantiu que os proprietários dos animais e fiscais da CPTrans acompanhassem a ação.  

A fiscalização foi programada pela vereadora Gilda Beatriz há quinze dias. Segundo a legisladora, a CPTrans, órgão  emissor das licenças, também é responsável pela fiscalização e aplicação de sanções em casos de irregularidades.

“Enquanto corre em Brasília o processo para a substituição das charretes (Vitórias) – nº 031851/17, por veículos sem tração animal, precisamos garantir que os animais estejam em boas condições e que sejam respeitados os horários e o peso limite para cada Vitória de acordo com o Decreto Lei 1.016/12, que regulamenta a atividade. A fiscalização será realizada regularmente e sempre de surpresa, desta maneira, além de proteger os animais, os condutores que cuidam dos cavalos e terão tranquilidade para trabalhar”, afirma a vereadora – ligada a causa animal – que agradeceu a parceria da CPTrans e da COBEA durante a fiscalização. 

Nenhum comentário: