Hospital Santa Teresa avança ao estender o atendimento às puérperas



Os bebês que nascem no Hospital Santa Teresa recebem toda atenção e cuidado que merecem desde o pré-natal. E, para aumentar o carinho, o setor da Unidade da Mulher há aproximadamente um mês iniciou um programa que está destacando ainda mais o diferencial oferecido pelo HST: Pós-atendimento às puérperas (mulheres que deram a luz recentemente).

            O programa, idealizado pela Coordenadora de Enfermagem, Gabriela Fecher, consiste em estender o atendimento já realizado às novas mães. Com uma ligação telefônica um dia após a alta, uma enfermeira trainee e uma enfermeira assistencial da Unidade da Mulher tiram todas as dúvidas que possam surgir desde o momento da saída do Hospital. Com essa iniciativa muitas dúvidas estão sendo esclarecidas e, com isso, amenizando as dificuldades das mulheres, principalmente das mães de primeira viagem. O programa já apresenta resultado positivo.

            – As puérperas sempre apresentam algum tipo de dúvida e aproveitam o momento também para relatar como foi à experiência na Unidade da Mulher/Berçário durante o período da internação – relata Daniela Quintella, supervisora de Enfermagem da Unidade da Mulher.

            Com mais esse serviço, o Hospital Santa Teresa confirma a sua popularidade no tratamento profissional e carinhoso que oferece às gestantes de Petrópolis – RJ e região. Para as futuras mamães, a Unidade da Mulher disponibiliza ainda uma visita à Unidade e também ao Berçário, acompanhadas das enfermeiras para que as gestantes possam conhecer antecipadamente o local.

            – Eu vejo como um diferencial no atendimento materno/infantil. O pós-atendimento é a continuidade do tratamento humanizado que realizamos enquanto gestante/puérpera e recém-nascido estão internados em nossa Instituição. Podemos evitar diversas complicações e realizar orientações sobre dúvidas que são comuns de surgirem no domicílio, quando a puérpera se vê sozinha para cuidar do seu filho, independente de quantos filhos ela já tenha, pois cada um tem suas individualidades – concluiu Daniela Quintella.

            Até o momento, com menos de um mês de funcionamento, o programa de pós-atendimento ás puérperas que teve início no dia 12 de maio já abrangeu nove novas mamães e seus filhos.

FOTO: Da esquerda para a direita:

Luan da Silva Resende Antônio
Enfermeiro Trainee

Raiane Lima Dias de Abreu
Enfermeira Trainee

Daniela Mariano Quintella
Enfermeira Supervisora da Maternidade / Berçário

Letícia Vilas Bôas
Enfermeira Assistencial da Maternidade / Berçário