Gilda Beatriz fiscaliza CEI em Corrêas e cobra cobertura para proteger as crianças



A falta de uma cobertura para a área externa do Centro de Educação Infantil Irineu Marinho, em Corrêas, Petrópolis, RJ, que tem capacidade para atender aproximadamente 130 alunos, de 0 a 5 anos, em horário integral, vêm tirando o sono de familiares de alunos.

O caso está sendo acompanhado pela vereadora Gilda Beatriz, que em seu segundo mandato, assumiu a presidência da Comissão de Defesa da Educação, e fiscaliza a unidade desde o governo anterior.

“Como lutei pela reforma da então escola Irineu Marinho até que fosse transformada em CEI, acompanho o caso desde o mandato anterior. A estrutura já foi montada, mas até agora a unidade escolar não recebeu a cobertura, algo barato, se comparado aos benefícios. O pátio é um espaço educativo onde as crianças interagem, é preciso garantir que os alunos e profissionais da educação não fiquem expostos a chuva e calor. Segundo familiares, muitas vezes, as crianças ficam impossibilitadas de terem seus horários de recreação”, explica a vereadora, lembrando que a Secretaria de Educação assumiu o compromisso de solucionar a questão. “Além de Oficiar, estive pessoalmente como o Secretário de Educação Anderson Juliano, tenho certeza que, apesar das dificuldades encontradas, o trabalho realizado é sério e a solução dessa questão faz parte dos planos da Secretaria”, completa.

A rotina de fiscalizações segue um cronograma criado a partir de informações recebidas no gabinete da legisladora e através das redes sociais. 

Comentários