Escola no Morin alerta pais sobre rapto de crianças


A Escola Paroquial Nossa Senhora da Glória, no Morin, distribuiu um aviso para os pais dos alunos pedindo atenção redobrada nos horários de entrada e saída, por causa dos casos recentes de tentativas de rapto de crianças naquele bairro. A escola afirma que o criminoso estaria em um carro preto rondando o bairro, e que abordou outra criança. Além disso, há relatos de um novo incidente, na porta daquela escola, na manhã de ontem.

A mensagem diz que “as notícias veiculadas nas redes sociais e jornais da cidade sobre um carro preto rondando o Morin, na tentativa de rapto de menor são verdadeiras: aconteceram com uma aluna da escola vizinha a nossa”. Esse provavelmente é o mesmo caso relatado pelo Diário na última semana. O colégio pede que os pais alertem os filhos sobre o perigo de aceitar caronas, e os acompanhem, se possível, evitando que voltem sozinhos para casa.

Aline Gonçalves, mãe de dois alunos naquele colégio, um de 16 e outro de 9 anos, disse ao Diário que recebeu o aviso na agenda dos filhos, e que está, desde a última semana, levando as crianças à escola pessoalmente.

- Eu não acreditava no início, mas então encontrei a mãe da menina (que foi abordada pelo homem na semana passada) na mercearia e ela me contou tudo. Agora estou levando os dois na porta da escola. O de 16 anos já é mais esperto, mas o de 9 me deixa preocupada, porque ele voltava sozinho.

Ela também relatou outro caso, que teria ocorrido na manhã de ontem. Com as portas da escola ainda fechadas, o homem teria tentado agarrar uma criança logo depois que uma van escolar deixou um grupo de crianças no local.

- Foi quando saiu da van. Para você ver como ele está sem medo. O cara agarrou a criança, mas ela gritou e ele foi embora – contou Aline.

Ela também reclama de não ver segurança o suficiente na saída da escola, especialmente pela manhã, no horário de entrada, quando quase todo o comércio ainda está fechado, com a exceção de uma padaria.

- Levo ele desde a semana passada e hoje e não vi carro da ronda escolar. Deveria haver um -, reclama.

A Polícia não confirmou se houve, ou não, boletim de ocorrência feito na 105ª DP sobre o caso, mas a Escola Paroquial Nossa Senhora da Glória disse, no aviso, que as “autoridades competentes já foram avisadas”.

Procurada, a Guarda Civil disse que o policiamento ostensivo é uma atribuição da Polícia Militar, mas, mesmo assim, a Ronda Escolar “reforçará o patrulhamento nas escolas da região do Morin nesta terça-feira (06) já no horário de entrada no turno da manhã”.

Onda de casos assusta o Morin

Duas tentativas de rapto de crianças ocorreram nos últimos dias no Morin, deixando os moradores apreensivos. Um homem jovem tem circulado pela comunidade em um carro com vidros escuros, e já tentou raptar duas crianças. Uma delas, um menino de sete anos, estava com a babá, esperando ônibus para ir à escola. Ele abordou o garoto, mas uma vizinha apareceu na cena e o potencial sequestrador fugiu da cena, de acordo com a mãe da vítima.

Naquela semana, o mesmo homem foi visto abordando uma menina, estudante de uma escola do bairro, também sem sucesso.

Eric Andriolo / Diário de Petrópolis

Comentários