Violência no trânsito Jovem de 25 anos morre em acidente de moto



Um jovem de 24 anos morreu, vítima de um grave acidente, na madrugada de ontem, em Itaipava. Morador no Castelo São Manoel, Guilherme Alexsander Guerra Peixe da Costa, foi sepultado no fim da tarde, no Cemitério Municipal.

O acidente aconteceu por volta das 2h30 da manhã, em frente ao Shopping Valley, em Itaipava, altura do número 9.200, da Estrada União e Indústria. Ele pilotava uma moto, modelo XRE – 300, voltando para casa e estava sozinho quando tudo ocorreu.

Segundo a polícia, Guilherme morreu instantes após do veículo se chocar contra um poste. A vítima teria perdido o controle da direção e caiu depois do impacto. Motoristas que passavam pelo local correram para socorrê-lo, mas ele não resistiu a gravidade dos ferimentos e morreu enquanto aguardava o socorro.

O Corpo de Bombeiros foi acionado e, segundo testemunhas, chegou em poucos minutos, mas já era tarde. Policiais permaneceram no local até a conclusão da perícia e remoção do corpo de Guilherme para o Instituto Médico Legal, em Corrêas.

Pelas redes sociais, houve comoção. Parentes e amigos manifestaram o luto e deixaram mensagens de conforto para a família. “Acordar com essa notícia foi horrível, um muleque gente boa, alegre, brincalhão. Descanse em paz, meu amigo e nos proteja aí de cima, vai com Deus”, dizia um deles. “Meus sinceros sentimentos a família e aos amigos. A dor é imensa por mais um jovem que nos deixa precocemente. Que Deus possa ampará-los neste momento tão difícil”, disse outro.

Esta é a 12ª morte no trânsito, registrada em Petrópolis, este ano e a maioria dos acidentes as vítimas ocupavam motocicletas. O número preocupa pois, em todo ano passado, foram registradas 18 mortes causadas por conta de acidentes, nove dessas pessoas foram vítimas de acidentes de motos.

O último acidente aconteceu na semana passada, quando um adolescente de 18 anos, Gabriel Nascimento Antunes, morador em Araras, morreu depois de se envolver numa colisão com outra moto, no Vale das Videiras.

Segundo levantamento da Companhia Petropolitana de Trânsito e Transportes (CPTrans), realizado junto ao Hospital Santa Teresa – referência em trauma no município -  houve 257 acidentes no primeiro trimestre deste ano, entre atropelamentos e acidentes com motos e carros. Só o Corpo de Bombeiros registrou 146 atendimentos, destes, dois foram de capotagem, 41 de colisão, um de queda de veículo e 11 de queda de motos. Os demais casos deram entradas por outros meios de socorro, como o Samu e a Concer.

Comentários