Ressarcimentos do ingresso do show do Fábio Jr no Procon serão concluídos na sexta-feira



O ressarcimento dos 53 primeiros clientes que adquiriram ingressos para o show do Fábio Jr será concluído sexta-feira (12.05) no Procon Petrópolis.. O maior processo de conciliação da história do órgão teve início na terça-feira (02.05) e envolve o empresário André Fiúza Rabelo, representante da Tempus Produção e cada uma das pessoas que compraram o convite. O dinheiro pago pelas entradas está sendo devolvido integralmente.

As demandas sobre o ressarcimento tiveram início no último dia 18 quando um grupo de compradores realizou uma denúncia coletiva contra a Tempus Produção. O problema foi causado devido à falta de resposta da produtora responsável pelo show no município para apresentar uma solução para o ressarcimento do valor desembolsado para a compra do ingresso do show do Fábio Jr.

“No mesmo dia acionamos o empresário para que respondesse em até 10 dias cada um dos casos. Pedimos o esclarecimento de cada situação, o que foi feito junto com a proposta do empresário de ressarcimento do valor integral dos ingressos pagos pelos clientes”, explica o coordenador do órgão, Bernardo Sabrá.

Uma das primeiras a receberem o dinheiro pago pelo convite foi a dona de casa Roberta Rodrigues. Segundo ela, só após a efetiva ação do Procon é que foi possível recuperar o dinheiro pago pelo convite. “Comprei seis ingressos para poder assistir ao show do cantor que sou fã. Tentei depois resolver o problema entrando em contato com o empresário, mas só após o Procon ser acionado é que conseguimos o valor pago de volta”, declarou.

De acordo com o empresário, ele vai ressarcir a cada uma das pessoas que fizeram a compra do ingresso. Ele disse que, no entanto, vai pedir ao Procon um prazo para isso. André garante que, se preciso for, irá fazer um empréstimo bancário para regularizar a situação. “Nós fizemos esse esforço para devolver o dinheiro dessas primeiras 53 pessoas, vamos precisar de mais um prazo para conseguir levantar todo o recurso, mas estamos dispostos a pagar a cada pessoa que comprou o ingresso”, destaca.

“Ficamos felizes em poder resolver essa situação sem maiores prejuízos à população. Estamos conduzindo o maior processo conciliatório da história do órgão de defesa do consumidor. É essa a solicitação do prefeito Bernardo Rossi, resolução. A empresa, quando informada, se mostrou inclinada a poder resolver o problema, além de atender com as respostas solicitadas pelo órgão”, explica Sabrá.