terça-feira, 16 de maio de 2017

Prefeitura de Petrópolis divulga nota oficial sobre a greve dos rodoviários



A Companhia Petropolitana de Trânsito e Transportes (CPTrans) informa que a taxa de coletivos em circulação é de 33% até o momento, um total de 116 carros. Dos 71 veículos da empresa Cidade Real, 20 estão em circulação. Dos 101 carros da empresa PetroIta, 45 estão em operação. A empresa São Luiz está com 20 ônibus de sua frota em funcionamento, de um total de 34. Os ônibus da empresa Cascatinha estão com 15 coletivos rodando nas ruas, de um efetivo de 42 veículos. A Turb está com 16 veículos em funcionamento de um total de 100. Alguns coletivos estão mudando o itinerário para evitar pontos onde estão acontecendo as manifestações. Os agentes da CPTrans estão monitorando a operação das empresas.

Balanço da greve dos rodoviários e o impacto no serviço público da cidade

O movimento de greve dos rodoviários deflagrado no início desta terça-feira (16.05) prejudicou parcialmente alguns serviços oferecidos pela prefeitura. Com a dificuldade de deslocamento, alguns funcionários não conseguiram chegar aos seus postos de trabalho.

As repartições públicas – Fazenda e Centro Administrativo da Barão do Rio Branco – funcionam normalmente, com efetivo de funcionários um pouco reduzido.

GUARDA CIVIL   
                                      
A Guarda Civil está atuando desde a madrugada com 10 homens no Terminal do Centro, onde há concentração de rodoviários desde 2h30. Na Rua Dom Pedro, foi necessário a ação de agentes para desobstruir a via onde ônibus tiveram pneus esvaziados. Três viaturas estão fazendo rondas em terminais e locais de grande movimentação de coletivos em toda cidade. O efetivo da Guarda – 225 homens – está completo em atuação.

EDUCAÇÃO
De acordo com um levantamento feito pelo setor da inspeção escolar da Secretaria de Educação, todas as 185 unidades escolares e os Centros de Educação Infantil (CEIs) abriram pelas respectivas direções, no entanto, alguns funcionários e grande parte dos alunos não conseguiram chegar devido à falta de transporte. 

SAÚDE

Os atendimentos de urgência e emergência das Unidades de Pronto Atendimento (UPAs) – Centro e Cascatinha, Hospital Municipal Nelson de Sá Earp (HMNSE) e o Hospital Alcides Carneiro (HAC) funcionam normalmente. Os atendimentos ambulatoriais nas unidades hospitalares mencionadas e nos postos de saúde estão funcionando parcialmente, pois servidores não conseguiram se deslocar até o local de trabalho, já que diversas linhas de ônibus não estão operando. No Pronto Socorro Leônidas Sampaio o funcionamento acontece de forma parcial.  A Secretaria de Saúde está realizando uma ação para buscar funcionários de setores estratégicos em casa.

ASSISTÊNCIA SOCIAL

Devido à falta de transporte público alguns serviços da Secretaria de Assistência Social foram prejudicados no início da manhã. Alguns motoristas foram designados a buscar os funcionários com cargos estratégicos para dar andamento em todos os serviços da pasta e não prejudicar o atendimento à população. As oito unidades dos Centros de Referência da Assistência Social (CRAS) e o Centro de Referência Especializado de Assistência Social (CREAS),  o atendimento do Núcleo de Integração Social (NIS) e o Centro Pop estão normalizados. O Restaurante Popular serviu o café da manhã aos usuários e já está providenciando as refeições de almoço.

COLETA DE LIXO E SERVIÇOS DE LIMPEZA

A coleta de lixo domiciliar não foi prejudicada. Todos os caminhões estão operando e os funcionários que não conseguiram chegar até a garagem da Força Ambiental, empresa que faz o recolhimento, no Duarte da Silveira, foram pegos em casa de acordo com a rota de cada veículo. Cerca de 50% dos funcionários da Companhia Municipal de Desenvolvimento de Petrópolis (Comdep) conseguiram chegar para o trabalho. Eles foram deslocados para um mutirão de limpeza na Estrada Mineira e no Bairro da Glória. Além de dois ônibus que busca os funcionários no Alto da Serra e na Rua Caldas Viana (Centro), a empresa ainda direcionou uma kombi para esta finalidade. Os outros funcionários serão deslocados para outros serviços conforme chegarem à sede da Companhia. Se a greve persistir, será montada uma logística para levar os trabalhadores de volta para casa.

DEFESA CIVIL

A Secretaria de Defesa Civil e Ações Voluntárias trabalha em expediente normal, com todo efetivo de servidores.

MEIO AMBIENTE

A Secretaria de Meio Ambiente informa que houve uma pequena redução no efetivo, sem quantificar o número de funcionários que não conseguiram chegar ao trabalho. As atividades seguem normalmente, incluindo o atendimento ao público.​

Nenhum comentário: