domingo, 14 de maio de 2017

Câmara faz sessão itinerante na Escola Municipal Josemar Contage, em Corrêas na próxima terça, às 19h



A Escola Municipal Josemar Contage, em Corrêas, será o palco da sessão itinerante de maio da Câmara Municipal de Petrópolis. O evento acontece a partir das 19h, na próxima terça-feira (16/5), por indicação da vereadora Gilda Beatriz (PMDB). A sessão itinerante segue os mesmos moldes de uma sessão comum na Câmara, com leitura de indicações e moções, apresentação de requerimentos e votação de projetos de lei.

"Temos a chance de estreitar os laços com a comunidade do bairro, nos aproximando mais da sociedade e fortalecendo nossa função de representantes da população", comenta a vereadora. Na ocasião, os vereadores vão usar o pátio da escola para atender as demandas expostas pela comunidade.

Uma das finalidades do projeto Câmara na Comunidade, que vem sendo desenvolvido pelo legislativo petropolitano há alguns anos, é antever as aspirações populares, visando intervir junto a cada comunidade, como interlocutor no estudo de seus problemas, encaminhando suas propostas aos setores competentes da Administração Municipal.

Desde a edição do mês passado, que foi realizada no Sargento Boening, o bairro que sedia o projeto recebe no dia do evento, em horário anterior, a visita de representantes do Governo Municipal para que esses possam tomar conhecimento das ações necessárias que serão demandadas em seguida pela Câmara. "Essa iniciativa foi atendida pelo prefeito Bernardo Rossi, a partir de uma demanda minha e dos demais vereadores, e vem gerando bons resultados, fortalecendo ainda mais o nosso projeto", destaca o presidente da Casa, vereador Paulo Igor (PMDB).

Gilda Beatriz lembra que muitas pessoas não tem tempo para assistir sessões na Câmara, ou mesmo para trazer suas reivindicações aos gabinetes dos vereadores. Assim, levando uma vez por mês as sessões a algum bairro, o Poder Legislativo facilita o acesso das pessoas aos vereadores. "As sessões acontecem sempre no período noturno para que mais moradores participem e apresentem aos parlamentares suas demandas", explica.

Nenhum comentário: