sexta-feira, 26 de maio de 2017

Alerta: Petrópolis intensifica a vacinação contra febre amarela



Com mais de 180 mil pessoas vacinadas, a prefeitura inicia mais uma etapa da campanha de imunização contra a febre amarela com a meta de chegar a totalidade da população vacinada até outubro, quando as temperaturas voltam a subir e influenciar na disseminação da doença.

A medida atende a recomendação da Secretaria de Estado de Saúde que confirmou nesta quinta-feira (25/05), a morte de um macaco por febre amarela, em uma área de mata fechada no bairro Bataillard, na Mosela.

O município já fazia parte da lista de prioritários indicada pela Secretaria de Estado de Saúde, definida com base na avaliação do cenário epidemiológico no estado. Em Petrópolis nunca foi registrado nenhum caso de febre amarela em humanos e não há nenhum paciente sob investigação ou com sintomas da doença no município.

 O prefeito Bernardo Rossi e o secretário municipal de Saúde, Silmar Fortes estiveram reunidos com o subsecretário de Vigilância em Saúde da Secretaria de Estado de Saúde (SES), Alexandre Chieppe, e técnicos da pasta para alinhamento das ações a serem adotadas.

“Graças ao trabalho que já vem sendo desenvolvido em conjunto com a secretaria estadual de Saúde, temos em nosso município uma boa cobertura da vacinação nas áreas rurais e próximas às matas. Agora, o momento é de intensificar os esforços de todos para que possamos vacinar nossa população o quanto antes. Para isso, contamos com as pessoas para que busquem os postos de saúde para de imunizar”, afirma o prefeito, Bernardo Rossi.

A vacinação segue em caráter preventivo nos 41 pontos de vacinação a partir desta sexta-feira (26.05). No sábado ocorrerá uma grande mobilização na Praça da Liberdade de 9h às 17h com vacinação para a população. Na próxima semana estão previstas ações volantes no bairro Mosela e nos terminais de ônibus. Petrópolis já tem 181.400  pessoas vacinadas contra a doença e a expectativa é que até outubro sejam vacinadas mais 120 mil pessoas.

“Nós temos até outubro para imunizar o restante da população.  Crianças a partir de 9 meses e adultos com até 59 anos devem ser vacinados. A imunização é contraindicada para gestantes, imunodeprimidos (pessoas com o sistema imunológico debilitado) e pessoas alérgicas a gema de ovo. Os idosos devem ser vacinados apenas com a liberação de um médico.

Vamos aproveitar o período do inverno, onde a proliferação de mosquitos diminui para vacinar o maior número de pessoas com tranquilidade”, anuncia o secretário de Saúde, Silmar Fortes.

O subsecretário de Vigilância em Saúde da SES, Alexandre Chieppe explicou que as vacinas contra febre amarela e contra gripe podem ser tomadas juntas e enfatizou que é importante que todo o Estado esteja protegido contra as doenças.

“É importante lembrar que a vacina contra febre amarela pode ser tomada junto com a vacina contra a gripe. Portanto, estamos num momento essencial para a prevenção. Seguindo as orientações do Ministério da Saúde e do Estado, nosso objetivo é imunizar ainda a população idosa que apresentar condições de saúde adequadas”, disse subsecretário de Vigilância em Saúde da SES, Alexandre Chieppe.

Diariamente as doses estão disponíveis em 31 Postos da Saúde da Família, seis Unidades Básicas da Família, além da Coordenação de Epidemiologia, Ambulatório Escola em Cascatinha, do Hospital Alcides Carneiro e do Centro de Saúde. O atendimento está disponível de 8 às 15h com o intervalo de 1h para almoço.

Nenhum comentário: