segunda-feira, 24 de abril de 2017

Vacinação contra gripe em Petrópolis: Visitas domiciliares a pacientes acamados serão realizadas em maio



A Secretaria de Saúde iniciou nesta segunda-feira (24.04) a vacinação volante em abrigos, casas de apoio e instituições que cuidam de idosos no município. Ao longo de duas semanas, 14 locais serão visitados e três receberão doses para imunizar idosos e profissionais de saúde contra a gripe. Desde o início da campanha, lançada na última segunda-feira (17.04), 3.266 pessoas tomaram a vacina contra a influenza, destes, 85% eram idosos.

Para imunizar o maior número da população idosa, a Coordenação de Epidemiologia irá implantar a partir de maio, um sistema de vacinação domiciliar, em que profissionais de saúde visitarão pacientes acamados. Para receber a vacina em casa, o paciente deverá ligar para o setor de Epidemiologia e fazer a solicitação pelo telefone: (24) 2246-6796, de 9 às 15h de segunda a sexta-feira.

O secretário de Saúde, Silmar Fortes, enfatizou a importância dos familiares incentivarem e levarem os idosos para se vacinar nos postos ao longo da semana. O município está disponibilizando 41 pontos de vacinação para promover mais acessibilidade à população.

“Nós estamos priorizando, inicialmente, os idosos por ser um dos públicos de maior risco de complicação se contrair a doença. Mas é de extrema importância que as grávidas, mães que acabaram de dar à luz, crianças de até cinco anos e os doentes crônicos também tomem a vacina com antecedência. Muitas pessoas esperam até o dia ‘D’ para tomar, pelo fato dos postos abrirem aos sábados, mas queremos conscientizar a população que se imunize com tranquilidade e evite as filas que ocorrerão no dia 13 de maio”, explica o secretário de Saúde, Silmar Fortes.

Cumprindo o cronograma da vacinação volante, o primeiro local visitado foi o Recanto da 3º Idade, com 20 doses aplicadas. Ao longo da semana, 213 idosos e 96 profissionais de saúde serão imunizados em 07 instituições.

A enfermeira Aurora Cristina de Azevedo Vieira herdou com a irmã a administração da Casa de Repouso Recanto da 3º Idade. Lá se encontram 15 idosas e um idoso, com faixa etária de 70 a 98 anos. Para elas a imunização volante trouxe mais segurança aos pacientes.

“Nós não teríamos condições de encaminhar nossos idosos para os postos, pois alguns estão acamados ou têm dificuldade de locomoção. Além da vacina para a gripe, a equipe da Epidemiologia também nos disponibilizou as vacinas que devem ser tomadas de acordo com a orientação médica, como a de pneumonia”, explica a enfermeira, Aurora Cristina.

Vacinação segue em 41 Unidades de Saúde

Com o ritmo de vacinação considerado abaixo do esperado, a Secretaria de Saúde está intensificando as estratégias de divulgação e de acesso da população às doses. O objetivo é diminuir os índices do ano passado de casos confirmados da doença. Em 2016 foram notificados 51 casos de influenza e nove foram confirmados. Por conta disso, a vacina é a melhor opção de prevenção.

As doses estão distribuídas em 31 Postos da Saúde da Família, seis Unidades Básicas da Família, além da Coordenação de Epidemiologia, Ambulatório Escola em Cascatinha, do Hospital Alcides Carneiro e do Centro de Saúde, com funcionamento de 8 às 15h com o intervalo de 1h para almoço. A expectativa é que sejam vacinadas cerca de 100 mil pessoas no município e até o dia ‘D’ de vacinação – 13 de maio – estima-se que 80% deste público já estejam imunizados.

“O nosso foco é a prevenção, com a população com maior vulnerabilidade à influenza se vacinando agora, podemos combater o contágio da doença antes da chegada do inverno. Isso é fundamental, porque as baixas temperaturas contribuem para o aumento dos casos de doenças respiratórias. Além disso, o organismo demora aproximadamente 15 dias para criar os anticorpos necessários para prevenção da doença”, explica Silmar Fortes.

Nenhum comentário: