Secretaria de Saúde convoca mais 20 concursados totalizando 40 novos convocados em menos de cinco meses



A Secretaria de Saúde convocou mais 20 profissionais aprovados no último concurso para atuarem na rede de atendimento do município, totalizando 40 novos convocados desde o início da nova gestão. O objetivo é ampliar o atendimento prestado à população na Saúde da Família e otimizar o serviço de Saúde Mental. Até o momento foram chamados dez médicos da Saúde da Família, seis médicos clínicos geral, cinco psiquiatras, cinco agentes de apoio administrativos, seis enfermeiros e oito técnicos de enfermagem que preencherão uma lacuna na assistência identificada após levantamento da atuação dos profissionais no município.

“A prioridade é chamar os concursados e garantir o atendimento à população. A reestruturação que estamos fazendo prevê o chamamento de concursados em todos os cargos necessários”, antecipa o prefeito Bernardo Rossi.

O secretário de Saúde, Silmar Fortes, explica que é importante que os concursados se apresentem à Secretaria de Saúde para apresentar a documentação ou a negativa de interesse da vaga. Em março, 20 profissionais também foram convocados para atender a formação da última Equipe Multiprofissional de Atenção Domiciliar (EMAD). Esse programa visa levar atendimento médico às casas de pessoas impossibilitadas de se locomoverem até as unidades, evitando internações hospitalares desnecessárias e filas dos serviços de urgência e emergência. 

“O Melhor em Casa será iniciado agora em maio e a nossa prioridade era de compor as equipes que atuarão no programa com 26 profissionais entre médicos, enfermeiros, técnicos de enfermagem e fisioterapeutas para as equipes de atenção domiciliar e fonoaudiólogo, nutricionista, psicólogo e assistente social para as de apoio. Agora que as equipes estão formadas, vamos começar a direcionar esses profissionais para as unidades e postos da saúde da família”, afirma Silmar Fortes.

A Secretaria de Saúde está reestruturando toda a rede em um estudo de como a assistência está sendo prestada nos postos e unidades básicas de saúde. A diretora da Atenção Básica, Fabíola Heck, disse que, com a convocação dos concursados, será possível proporcionar melhor cobertura de atendimentos junto à Saúde da Família.

“São 37 postos de saúde com 44 equipes de Estratégia de Saúde da Família no município. Nós realizamos um levantamento das unidades que estão sem profissionais, entre médicos, enfermeiros e técnicos para direcionar osconcursados convocados. Estamos iniciando a composição dessas equipes e o remanejamento desses profissionais para tentarmos sanar o problema da falta de profissionais nos postos”, explicou Fabíola Heck.

A convocação dos médicos psiquiatras será essencial para a ampliação do serviço de saúde mental. A Secretaria de Saúde já está regularizando o atendimento que chegou a gerar uma fila de mais de 500 pessoas aguardando para iniciar o acompanhamento psiquiátrico.

A chefe do diretório de Saúde Mental, Viviane Martins, revelou que os atendimentos, que antes aconteciam apenas no Hospital Alcides Carneiro, estão acontecendo também no ambulatório de saúde mental e de especialidades.

“O objetivo inicial é regularizar os atendimentos dos pacientes que aguardam na fila, além de proporcionar mais locais de atendimento. Na fila há pessoas que nunca foram atendidas, então, agora, poderemos proporcionar essa primeira consulta e o acompanhamento clínico e terapêutico destes pacientes”, disse Viviane Martins.