Secretaria de Obras inicia a manutenção de calçamento em 90 locais



A Rua da Imperatriz recebeu na manhã desta segunda-feira (03.04) uma intervenção de manutenção de calçamento. A equipe de manutenção viária da Secretaria de Obras trabalhou em frente ao ponto de ônibus, próximo da Praça Dom Pedro, atendendo demanda apresentada pela Companhia Petropolitana de Trânsito e Transportes (CPTrans). Esse é um serviço que vem acontecendo com frequência desde o início do ano: 90 ruas de 28 bairros em toda cidade já receberam esse trabalho.

A manutenção de calçamento acontece de forma manual. Duas equipes fazem esse serviço: uma possui oito funcionários e é deslocada quando a intervenção tem extensão um pouco maior; outra tem quatro trabalhadores para os locais onde a manutenção é menor. Em geral, elas reposicionam o paralelo e completam os espaços entre um e outro com pó de pedra – em poucos casos, é necessário fazer um rejunte com brita.

Na maior parte das vezes, as pedras se soltam naturalmente devido a passagem intensa de carros na rua. É o que aconteceu no caso da Rua da Imperatriz, em local onde passam ônibus durante todo o dia. A ação da chuva também contribui para esse problema, especialmente em curvas.

“É por isso que é necessário estar sempre fazendo manutenção de calçamento. Abrir buracos em ruas de paralelepípedo é algo comum e que exige nossa atuação diariamente. Foi feita essa separação entre duas equipes para que o serviço possa ser mais ágil”, explica o secretário de Obras, Ronaldo Medeiros.

Em 2017, a manutenção de calçamento já aconteceu em Alto da Serra, Bairro da Glória,Bingen, Carangola, Cascatinha,Castelânea,Castrioto, Caxambu, Centro, Duarte da Silveira, Estrada da Saudade, Fazenda Inglesa, Independência, Itamarati, Morin,Mosela, Pedro do Rio, Posse, Quarteirão Ingelheim,Quissamã, Quitandinha, Retiro, Samambaia, São Sebastião,Siméria, Vale do Carangola, Valparaíso e Vila Militar.

As condições viárias da cidade têm recebido especial atenção da Secretaria de Obras neste começo de governo. Além da manutenção de calçamento, a pasta já fez tapa-buraco em quase 130 ruas, seja com asfalto quente (de melhor qualidade) ou frio (que pode ser aplicado em dias com temperaturas mais baixas ou com chuva fraca).