Ismart oferece 280 bolsas integrais para jovens talentos da rede pública estudarem em colégios particulares

Processo seletivo recebe inscrições até 3 de julho, pela internet; há vagas em São Paulo, Rio de Janeiro e Minas Gerais

O Instituto Social para Motivar, Apoiar e Reconhecer Talentos (Ismart), projeto que escolhe alunos da rede pública de ensino para bolsas de estudos em escolas particulares de excelência, está com inscrições abertas e gratuitas para o processo seletivo, até 3 de julho de 2017, no site www.ismart.org.br. Neste ano, serão oferecidas cerca de 280 bolsas integrais nas cidades de São Paulo, Rio de Janeiro, Belo Horizonte, São José dos Campos, Cotia e Sorocaba.

Além de estudar em colégios com resultados de destaque no Enem e nos vestibulares mais importantes do País, os bolsistas do Ismart são acompanhados de perto por uma equipe de psicólogos e pedagogos, que realizam atividades voltadas ao desenvolvimento socioemocional e cultural dos alunos. Eles recebem ainda todo o material didático e o uniforme para frequentar as escolas parceiras, e também ajuda de custo para transporte e alimentação.

Para concorrer às bolsas de estudos, o candidato deve estar matriculado no 7º ano ou no 9º ano do ensino fundamental e vir de família com renda por pessoa de até dois salários mínimos. Ou seja, a divisão da renda de todas as pessoas da casa pelo número de moradores não pode ultrapassar R$ 1.874,00.

O Ismart busca alunos com alto rendimento escolar e que demonstrem autonomia e motivação para dar conta dos desafios do projeto. A missão do instituto é concretizar o potencial desses estudantes, de tal modo que eles futuramente ocupem posições de destaque no mercado de trabalho.

Projetos

O candidato do 7º ano do ensino fundamental concorre ao Projeto Alicerce. Se aprovado, durante o 8º e o 9º ano o bolsista participa de um cursinho preparatório para o ensino médio em uma escola parceira do Ismart. As aulas do cursinho acontecem no contraturno do horário regular de aulas do estudante na rede pública. Após essa fase, o aluno poderá continuar recebendo o suporte do instituto durante o ensino médio.

Já os alunos do 9º ano do ensino fundamental aprovados no processo seletivo terão o apoio do Ismart para cursar o ensino médio nas escolas particulares parceiras do Projeto Bolsa Talento.

Neste processo seletivo também serão escolhidos novos alunos para o Ismart Online. Os estudantes aprovados para esse projeto ganham acesso a uma plataforma de estudos exclusiva e participam de atividades presenciais e a distância para o seu desenvolvimento pessoal. Os candidatos inscritos para o Alicerce ou o Bolsa Talento automaticamente concorrem também ao Ismart Online.

O processo seletivo tem cinco etapas: teste online, prova presencial, entrevista individual, visita domiciliar e dinâmica de grupo. A inscrição deve feita pelo próprio candidato. Os educadores da rede pública que desejarem acompanhar os alunos no processo seletivo poderão entrar no sistema de inscrição, gerar um código de acesso e fornecer aos jovens com o perfil esperado pelo projeto.

Atualmente, o Ismart tem 968 bolsistas entre o 8º ano do ensino fundamental e o 3º ano do ensino médio. Eles estudam em 18 escolas diferentes nas cidades onde o projeto atua. Outros 377 bolsistas do Ismart já estão na universidade, matriculados em instituições de excelência do Brasil e dos Estados Unidos, como Harvard, Stanford e Dartmouth. No Ismart Online, há mais 480 estudantes (turmas do 8º ano do ensino fundamental ao 2º ano do ensino médio).

Colégios parceiros

Os colégios parceiros do Ismart no Projeto Alicerce, nas diferentes cidades, são: Belo Horizonte (Bernoulli), São Paulo (Bandeirantes, Objetivo e Santo Américo), São José dos Campos (Objetivo e Poliedro) e Rio de Janeiro (pH e São Bento). Serão oferecidas, ao todo, cerca de 180 vagas para este projeto.

O aluno aprovado para o Projeto Bolsa Talento poderá cursar o ensino médio em uma das seguintes escolas: Belo Horizonte (Bernoulli), São Paulo (Arquidiocesano, Lourenço Castanho, Móbile, Objetivo ou Poliedro), Cotia (Sidarta), Sorocaba (Uirapuru) e Rio de Janeiro (Pensi ou pH). Neste projeto, serão oferecidas aproximadamente 100 vagas ao todo.

Sobre o Ismart

Criado em 1999, o Ismart é um instituto privado, sem fins lucrativos, que identifica jovens talentos de baixa renda e lhes concede bolsas em escolas particulares de excelência e o acesso a programas de desenvolvimento e orientação profissional, do ensino fundamental à universidade.

Comentários