quarta-feira, 12 de abril de 2017

45 unidades de saúde já oferecem o serviço de coleta de sangue, urina e fezes



Os moradores dos bairros 24 de Maio, Pedras Brancas, Moinho Preto, Carangola e Santíssima Trindade já podem realizar todos os exames de análises clínicas – sangue, urina e fezes, nas unidades de saúde próximas de suas residências. A Secretaria de Saúde regularizou o fluxo de atendimento, em cumprimento a uma diretriz do Plano Municipal de Saúde, que determina que todos os 37 Postos de Saúde da Família (PSF) e 8 Unidades Básicas de Saúde (UBS) ofereçam o serviço de coleta laboratorial.

Os exames passam a ser  agendados quinzenalmente nas unidades que têm capacidade de realizar de 40 a 60 coletas por mês. Antes, a população precisava se dirigir a um laboratório conveniado ao SUS para realizar os exames. O sistema de resultado também ganhou um novo fluxo: após o envio das amostras para análise, o laboratório já traz os resultados impressos para os postos de origem 15 dias depois da coleta.

O secretário de Saúde, Silmar Fortes, anunciou que uma das determinações do Plano Municipal de Saúde, criado em 2014 com validade até este ano, é o fortalecimento e consolidação da Atenção Básica.

“Nós já estamos iniciando a elaboração do Plano Municipal de Saúde dos próximos quatro anos e desde o início da gestão estamos avaliando todos os requisitos do vigente. A expansão da coleta laboratorial estava prevista como um dos requisitos de fortalecimento da Atenção Básica, então estabelecemos um novo fluxo com exames previamente agendados e um sistema eficaz de entrega de resultados para que o paciente possa fechar seu diagnóstico e iniciar seu tratamento prontamente”, afirma Silmar Fortes.

A diretora da Atenção Básica, Fabíola Heck, explicou que antes, os pacientes tinham que ir aos postos de saúde muito cedo para garantir a coleta. Nas unidades conveniadas havia ainda, o sistema de cotas, em que nem sempre o paciente conseguia o atendimento.

“Estamos promovendo a acessibilidade das pessoas aos serviços de saúde. Antes era preciso chegar ainda de madrugada aos postos, ficar em filas, para realizar o exame. Agora, após o atendimento médico, o paciente já sai da unidade com o dia e o horário marcado para realizar a coleta. Nosso objetivo é aprimorar ainda mais o nosso atendimento para que as pessoas possam realizar as consultas, definir o diagnóstico e iniciar o tratamento com mais comodidade e agilidade”, disse Fabíola Heck.

Nenhum comentário: