quinta-feira, 23 de março de 2017

Secretaria de Saúde prioriza vacinação contra a Febre Amarela em áreas rurais



A Secretaria de Saúde priorizará, a partir desta quinta-feira (22.03), a vacinação contra a Febre Amarela nas áreas que contemplam o cinturão verde do município. Vinte unidades receberão reforços de 200 doses diárias e a partir da sexta-feira (23.03) será iniciada a vacinação volante nas áreas localizadas no Vale das Videiras, Bonfim, Secretário, Cuiabá, Caxambu, Posse e Lajinha. A ação foi programada em reunião na última terça-feira (21.03) com os representantes dos 800 produtores rurais do município, o prefeito Bernardo Rossi e o secretário de Saúde, Silmar Fortes. Desde sábado mais de 30 mil petropolitanos já foram imunizados.

A expectativa é que cerca de 20 mil pessoas recebam a dose da vacina na área rural. As famílias que moram em áreas de difícil acesso serão imunizadas em casa. Uma equipe do PSF ou UBS referenciado nos bairros irá aplicar a vacina.  O prefeito Bernardo Rossi explica que a ação é uma orientação do Ministério da Saúde e da Secretaria de Saúde do Estado, que prevê a imunização total de pessoas que moram próximo às matas e áreas rurais. A prefeitura terá o apoio do Exército, Aeronáutica e Cruz Vermelha para cumprir cronograma de imunização. 

“Nossa vacinação é preventiva e priorizamos a imunização no cinturão verde do município. Identificamos que em alguns bairros há dificuldade de acesso da população aos postos e, por conta disso, iremos iniciar a vacinação em casa para os moradores dessas áreas”, anuncia Bernardo Rossi.

Em Petrópolis nunca houve casos de febre amarela e não há registro da doença. Como orientação de imunização, o Secretário de Saúde, Silmar Fortes, solicitou que as pessoas evitem áreas de matas, cachoeiras e, caso necessitem ir para esses lugares, é preciso se imunizar com até 10 dias de antecedência.

“Organizamos uma grande campanha com as 75 mil doses que recebemos. O importante é imunizar prioritariamente os moradores no cinturão verde do município. Então, nesses dois dias que faremos a vacinação volante, é imprescindível que toda população rural tome a vacina. A orientação é para que a população evite os passeios em trilhas e nas matas. As pessoas não precisam se alarmar, não temos nem mesmo suspeitas de casos. Estamos trabalhando a prevenção”, afirma Silmar Fortes.

Nenhum comentário: