Recadastramento do Cartão Imperial chega ao Bonfim, Vista Alegre, Nogueira, Águas Lindas e Calembe

138 famílias recebem o benefício e precisam atualizar o cadastro no CRAS Corrêas

A prefeitura, por intermédio da Secretaria de Trabalho, Assistência Social e Cidadania, iniciou nesta segunda-feira (20.03), o recadastramento do Cartão Imperial para os beneficiários do programa que moram no Bonfim, Vista Alegre, Nogueira, Águas Lindas e Calembe. São 138 as famílias que recebem o benefício e precisarão realizar a atualização do cadastro no CRAS Corrêas até o dia 31. A falta da confirmação dos dados implicará o corte do recebimento do benefício no valor de R$70,00.
A secretária Denise Quintella explicou que o recadastramento ocorrerá por etapas no município e o objetivo é recadastrar todas as 5.630 famílias assistidas. Desde janeiro, 400 famílias já foram desligadas do programa por não cumprirem os requisitos necessários.

“O recadastramento é uma ação anual da Setrac e este ano iniciamos pelos moradores assistidos pela nossa equipe do CRAS de Corrêas. É importante que a população se mobilize e realize a atualização do cadastro. Desde janeiro a Setrac já descredenciou 400 famílias, a maioria por não cumprirem as exigências do programa onde é avaliada a composição familiar, a renda e questões de saúde”, explica Denise Quintella.

O Cartão Imperial é uma iniciativa cujo objetivo é de garantir que todos os atendidos estejam dentro dos critérios do programa, ou seja, que comprovem situação de vulnerabilidade social, de insegurança alimentar e nutricional, e estejam devidamente cadastradas no Cadastro Único para Programas Sociais (CadÚnico).

Denise Quintela destaca ainda que os moradores do Castelo São Manoel e Caititu que não se cadastraram no mês passado podem ir até o CRAS Corrêas para realizar a atualização dos dados.

            “São 61 famílias não realizaram a atualização do cadastro, então iremos dar mais uma oportunidade para que todos possam fazê-lo. É importante que façamos a checagem dos dados, pois em um ano nós sempre temos que acrescentar novos beneficiados e a única maneira de se garantir justiça social e fazer com que os reais objetivos do Cartão Imperial sejam cumpridos”, revela Denise Quintela.

A Setrac disponibiliza uma equipe para convocar as famílias por telefone. Para fazer o recadastramento, o usuário deve levar documento de identificação, CPF, comprovante de residência, carteira de trabalho ou comprovante de renda, certidão de nascimento dos filhos menores, comprovante de escolaridade e carteira de vacinação dos menores de 10 anos. As pessoas com deficiência ou portadores de doença crônica devem apresentar laudo ou comprovante de acompanhamento médico. O CRAS Corrêas está localizado Rua Vigário Correa 443, no horário de 9 às 16h.