terça-feira, 7 de março de 2017

Confira os horários e pontos de paradas das três linhas de Ônibus Direto em Petrópolis




O primeiro dia das linhas diretas 100, 300 e 700, que passaram a funcionar sem a parada nos pontos de ônibus ao longo do percurso, demonstrou redução no tempo das viagens em cerca de 20 minutos. A economia de tempo foi comemorada pelos usuários e pelo prefeito Bernardo Rossi, que participou, nesta terça-feira (07.02), da viagem inaugural do horário de 7h na linha que partiu do Terminal Itaipava com destino ao Centro. O tempo médio de redução também foi observado pelos fiscais das demais linhas, em todos os horários.

            “É, sem dúvida, uma forma de demonstrarmos aos usuários que estamos trabalhando cada vez mais para melhorar a mobilidade de Petrópolis. A redução já foi sentida nesses horários e se refletiu no horário dos outros ônibus, que também melhorou”, avalia o prefeito, destacando que a redução no tempo das viagens melhora a qualidade de vida dos usuários.

“Fiz questão de fazer essa viagem e sentir na pele o que os moradores dos distritos passam todos os dias. Melhorar o trânsito e o transporte do município é compromisso meu, pois esta é uma questão que interfere diretamente na vida das pessoas. Apesar da situação difícil que encontramos na prefeitura, estamos buscando formas criativas para solucionar as demandas. Com gestão eficiente e boa vontade a cidade vai melhorar muito”, destacou Bernardo.

            O Direto funciona nos horários de pico e faz o transporte de passageiros dos Terminais ao Centro e vice-versa, com paradas para embarque e desembarque apenas em pontos estratégicos. Os veículos atendem a alta demanda de passageiros que partem de um ponto ao outro das linhas Terminal Bingen, Terminal de Corrêas – Via Quissamã e Terminal Itaipava, dando mais agilidade no deslocamento dos usuários. É importante lembrar que o novo serviço não suprime os horários das demais linhas, que estão mantidos. As linhas diretas contam com veículos extras. Funcionários das permissionárias estão nos pontos finais orientando os usuários.

            A estudante de psicologia e atendente de uma loja no Centro, Júlia Bonfim, tem uma rotina cansativa dividindo o tempo entre o trabalho pela manhã e os estudos à noite. Moradora de Barra Mansa, ela utiliza a linha 700 de segunda a sábado e aprovou já na primeira viagem a linha expressa. “Faz diferença, pois a viagem segue mais rápida e não vai parando toda a hora. São 20 minutos de diferença, mas, para quem tem os horários tão apertados como eu, esse tempo é essencial”, declarou ela, que chegou com folga no horário do trabalho nesta terça.

“Essas três linhas vão funcionar por duas semanas em caráter de testes -  de terça a sexta-feira - mas nossa expectativa é que os usuários aprovem e elas sejam permanentes após o período experimental. Vamos, junto às empresas, analisar o que foi de positivo para dar prosseguimento e fazer os ajustes necessários em favor dos petropolitanos”, destacou o diretor-presidente da CPTrans, Maurinho Branco, que também acompanhou a primeira viagem da linha direta 700, ao lado do vice-prefeito Baninho e do diretor da Turb, Jean Moraes.

            O pedreiro Josias Rosa também faz a viagem de ida e volta para o Centro todos os dias. Morador do Vila Rica, para ele a implantação do serviço vai melhorar a vida de quem mora no distrito. Ele espera que, após o período de testes, o Direto passe a ser permanente e até ampliado. “Sem dúvida é uma melhoria. Só quem usa o coletivo nesse trajeto todos os dias sabe a importância que esse tipo de linha, que economiza tempo, tem”, destacou.

            Moradora de Magé, a funcionária pública Rita de Cássia trabalha no Hospital Alcides Carneiro e precisa pegar cinco ônibus para fazer o deslocamento até a unidade de saúde. Ela fez, nesta terça, a primeira viagem saindo do Terminal de Corrêas com destino ao Bosque do Imperador, via Quissamã, e se surpreendeu com a rapidez com que o ônibus chegou ao destino.

“Não há comparação. Após o plantão fico muito cansada e chegar em casa o mais rápido possível é uma alegria. Agora eu só vou usar o Direto”, garantiu ela.

A diarista Jucilaine Furtado, moradora de Areal, utiliza o 700 para seguir para o Centro de Petrópolis, pelo menos uma vez na semana. Para ela, o ônibus seguindo direto é mais cômodo e rápido. Após a viagem Terminal de Itaipava - Centro, ela desceu na Praça D. Pedro com tempo de sobra para chegar ao trabalho. “Vou me programar para sempre utilizar os horários do Direto. Não tem comparação, é muito melhor”, elogiou.

Confira os horários e pontos de paradas das três linhas           
            A linha 100, Terminal Bingen – Centro, tem horários de saída previstos para às 6h35, 7h35, 16h35 e 17h30. As paradas acontecem somente nos pontos da Washington Luiz, Rua do Imperador (Arabela) e no Terminal Centro. No sentido contrário, Centro - Bingen, os veículos estão programados para partir às 7h05, 8h, 16h05 e 17h, a viagem segue direto até a Rua Paulo Hervê, onde as paradas podem ser solicitadas em todos os pontos a partir da esquina com a Rua Jorge Justen.

            A linha 300, Terminal Corrêas via Quissamã, tem previsão de saída do Centro, no sentido Corrêas às 7h30, 8h30, 9h30, 17h30, 18h30 e 19h30, com parada em todos os pontos a partir da Ponte Branca até a chegada ao Terminal Corrêas. No sentido contrário, Terminal Corrêas- Bosque do Imperador, os horários são: 7h, 8h, 9h, 18h e 19h, com parada apenas no Rua D. Pedro I, antes de chegar ao Bosque do Imperador.

Já a linha 700, Terminal Itaipava - Centro, tem três horários previstos: 5h, 7h e 16h30, com paradas nos pontos das Ruas 13 de Maio e Imperatriz e, por fim, no Terminal Centro. No outro sentido, Centro - Terminal Itaipava, os pontos de parada serão nas Ruas 13 de Maio, Imperatriz e Paulo Barbosa, e todos os demais pontos a partir do Trevo de Bonsucesso até a chegada ao Terminal Itaipava, nos horários de 6h, 8h e 17h45.

Nenhum comentário: