Bernardo Rossi determina retomada de construção do PSF da Posse

Prefeito esteve no local, onde obras estão paralisadas há mais de um ano

Secretarias de Obras e Saúde darão andamento nos trâmites para voltar com a intervenção

Prestes a completar um ano de paralisação, as obras de construção do posto de Saúde da Família, na Posse, serão retomadas por determinação do prefeito Bernardo Rossi. Nesta quarta-feira (29.03), o prefeito Bernardo Rossi determinou que os secretários de Obras, Ronaldo Medeiros, e de Saúde, Silmar Fortes, deem andamento nos trâmites burocráticos para retomar a construção do Posto -  investimento de quase R$ 270 mil para que a intervenção seja concluída.

A construção está paralisada desde o dia 5 de abril do ano passado, porque  o governo anterior não fez o repasse de R$ 269.142,53  que garantiria a execução do projeto, orçado em R$ 1.520.638,54 - recursos do Ministério da Saúde. Com isso, a Cortein, empreiteira responsável pela obra, interrompeu a intervenção.

“Estamos reafirmando esse compromisso com os moradores de retomar uma obra que estava parada. É um investimento importante, pois a unidade vai atender a população inteira da Posse, que é de quase 8 mil moradores, Já dei orientação para o nosso secretário de Obras reiniciar essa construção, para atender a população o mais breve possível”, disse o prefeito, que esteve no local nesta quarta.

No local, a fachada pintada esconde o abandono: mato, entulho, restos de materiais, parte elétrica exposta, teto inacabado, entre outros problemas. A obra deveria ter ficado pronta no início de 2015, oito meses após o início. Foram feitas três prorrogações de prazo e nada foi entregue.

“Essa obra já deveria ter sido concluída e poderia estar beneficiando milhares de moradores da Posse. Hoje, as pessoas precisam se deslocar até outro bairro para conseguir um atendimento que poderia ser feito do lado de casa. Vamos seguir a determinação do prefeito e agilizar o que for possível para que essa construção possa ser retomada e concluída o mais rápido possível”, afirma o secretário de Obras, Ronaldo Medeiros.

O secretário de Saúde, Silmar Fortes, explica que o local vai abrigar três equipes com quase 30 funcionários para atender toda a população do bairro. “A proposta é cobrir toda a atenção básica dessa região do quinto distrito. Teremos uma unidade com três equipes: serão três médicos, três enfermeiros, três odontólogos, em torno de 20 agentes comunitários de saúde que farão todo atendimento dessas famílias aqui da Posse, com prevenção, assistência e tratamento”, informa.

Além do prefeito e dos secretários, acompanharam a vistoria ao PSF da Posse o presidente da Câmara de Vereadores, Paulo Igor, e o vereador Relojão. 


Comentários