106ª Delegacia de Itaipava tem novo delegado



Desde a última segunda-feira, a 106ª Delegacia de Polícia está sob novo comando. O delegado André Luiz Pinto Lourenço assumiu a unidade, após a transferência do delegado Nei Loureiro para a 108ª DP, em Três Rios, onde o primeiro era lotado. As remoções, segundo a Polícia Civil, fazem parte das ações de rotina da instituição.

As mudanças foram publicadas na última quarta-feira (15/03) no boletim interno da Polícia Civil. “Aqui em Petrópolis, meu objetivo é garantir uma integração maior entre as duas delegacias do município e desenvolver um trabalho permanente com a Polícia Militar. A cidade é uma só e o interesse é que os problemas sejam resolvidos. Unindo esforços, garantimos bons resultados”, disse o delegado de 51 anos, sendo 15 deles dedicados a Polícia Civil.

Segundo o delegado, apesar de não poder escapar dos serviços burocráticos que demandam uma delegacia, seu perfil de trabalho é operacional. “Gosto de trabalhar na rua, junto com a minha equipe, investigando e apurando os casos, realizando um trabalho pró-ativo, ou seja, atuar na prevenção, antes que o crime ocorra”, complementa o delegado André Luiz.

Para o novo desafio, o delegado André Luiz trouxe o seu staff. São cinco policiais que já o acompanham há aproximadamente 14 anos, desde que assumiu a sua primeira delegacia. No seu currículo, estão incluídos oito anos na 112ª DP, em Carmo e três meses na delegacia de Três Rios, com o objetivo de “arrumar a casa”. Passou também por Paraíba do sul, sapucaia, Copacabana e Santa Cruz.

Um dos casos que o novo delegado já começou a acompanhar foi o assalto seguido de sequestro, na residência de um médico, em Nogueira. Ele foi rendido com o caseiro na porta do imóvel, na Rua São Paulo, na última quinta-feira. “Nesse momento, estou conhecendo o acervo da delegacia, verificando quais são e a que pé estão as investigações em andamento, o caso do médico é um deles”, explica. 

Comentários