Prefeitura paga dívida de R$ 3 milhões com a UCP: Pagamento mantém 450 alunos fazendo curso superior



Prefeitura e Universidade Católica de Petrópolis (UCP) formalizaram um acordo para quitar sem juros R$ 3 milhões em dívidas acumuladas pelo município entre abril e dezembro do ano passado. O acordo prevê que o montante, parcelado em 23 vezes, seja quitado junto com o pagamento corrente (mensal) das bolsas que custeiam hoje os estudos de 450 alunos oriundos da rede pública.

“Desta forma conseguiremos quitar as pendências deixadas e ao mesmo tempo garantir o benefício aos alunos que dependem das bolsas para concluir a formação”, pontua o prefeito Bernardo Rossi que aponta o caráter social da quitação da dívida e, ao mesmo tempo, de impulsionar a economia. “O mercado precisa de profissionais bem qualificados em universidades como a UCP, reconhecida nacionalmente”.

Além de negociar a dívida sem o pagamento de juros, a Secretaria de Fazenda garantiu a manutenção dos valores a preços de 2016, o que representará uma economia de R$ 616 mil.

Além da dívida acumulada, a gestão passada não previu no orçamento de 2017 os recursos necessários para um novo vestibular social. “Isso tirou este ano, a oportunidadede mais 100 pessoas começarem um curso superior na UCP. Estamos quitando as dívidas do ano passado e trabalhando para viabilizar um novo vestibular social no fim do ano”, antecipa o prefeito.

Com o acordo, o custo mensal médio para o município será de R$ 432 mil em 2017 e R$ 490 mil no ano que vem. “Assim como fizemos com outras despesas não pagas deixadas pelos antigos gestores, buscamos equacionar e garantir a quitação mensal das bolsas, de forma a adequar o valor ao orçamento do município”, explica o secretário de Fazenda Heitor Luiz Maciel Pereira.

A medida garantirá a continuidade do custeio das bolsas a 450 alunos, matriculados em cursos na instituição. O convênio entre município e universidade foi criado há nove anos. As bolsas são destinadas a estudantes que cursaram o ensino médio em escolas públicas nas redes municipal ou estadual.