Parceria entre a Setrac e o CIEE encaminhará jovens para o mercado de trabalho em Petrópolis



Com o objetivo de auxiliar os jovens na busca pelo primeiro emprego, a Secretaria de Trabalho, Assistência Social e Cidadania (Setrac) firmou uma parceria com o Centro de Integração Empresa-Escola (CIEE). Com o convênio, a Setrac atende a uma necessidade pontuada pela Vara da Infância e da Juventude do Município que é de ressocializar os adolescentes, incentivar a busca pelo primeiro emprego e fortalecer os vínculos familiares, através da implantação do projeto Jovem Alerta. A Setrac possui 80 assistidos, entre 14 a 18 anos, nos projetos e programas da pasta.

A secretária de Assistência Social, Denise Quintella, revelou que nesta fase inicial o objetivo é oferecer uma capacitação para o jovem para que ele crie perspectiva de um futuro profissional.
“O curso tem como objetivo preparar o jovem para sua vida profissional. Instruções sobre como proceder no mercado de trabalho, cidadania e sexualidade serão alguns dos temas abordados. Após a conclusão, em dois meses, os alunos serão encaminhados para seleção do Programa Jovem Aprendiz”, destaca.

Em reunião realizada junto aos promotores de Justiça da Infância e Juventude do município, Odilon Lisboa Medeiros e Vicente de Paula Mauro Júnior, na última sexta-feira (17.02), Denise Quintella explicou que a fase inicial será destinada aos jovens assistidos pela Setrac, posteriormente ela pretende ampliar para as comunidades com o apoio dos Centros de Referências da Assistência Social (CRAS).

O promotor Odilon Lisboa Medeiros comentou que esta é uma necessidade já solicitada à Setrac em governos anteriores e que nunca foi cumprida.

“Isso é exatamente o que a gente quer. Quando aplicamos uma medida socioeducativa esperamos que o jovem a cumpra em um ambiente em que ele possa ter perspectiva de futuro. Esse projeto atende as nossas expectativas, ainda mais por fortalecer os vínculos familiares”, afirma o promotor.

O Projeto Jovem Alerta tem previsão para início em março e para participar é necessário ter entre 14 e 24 anos e estar cursando o ensino fundamental ou médio, ou ter concluído o ensino médio.  A capacitação acontecerá no auditório do centro de integração.

“Oferecemos 20 temas de palestras para a Setrac montar o módulo do curso. Após a capacitação os jovens podem ser encaminhados atrês programas desenvolvidos pelo CIEE: Jovem Aprendiz, Estágio e Programa de Desenvolvimento Pessoal (PDP)”, explica a assistente social do CIEE, Carla Maria Diniz Fernandes.

Participaram da reunião o vice-prefeito Baninho, o procurador geral do município, Sebastião Médici e a promotora do Ministério Público Federal, Vanessa Seguezzi.

Comentários