sábado, 18 de fevereiro de 2017

Hospital Santa Teresa retornará com as cirurgias de vesícula e hérnias, afirma Bernardo Rossi



Com acordo para pagamento de dívida de R$ 13 milhões com o Hospital Santa Teresa deixados pela gestão passada - atendimentos realizados entre fevereiro e dezembro de 2016 - a prefeitura conseguiu a retomada das  cirurgias eletivas de hérnia e vesícula para serem realizadas no hospital. O fluxo começa a operar já em março. A retomada dos procedimentos foi referendada pelo prefeito Bernardo Rossi e pelo secretário de Saúde, Silmar Fortes, nesta sexta-feira (17.02), em reunião de equipe com objetivo de agilizar as cirurgias. São mais de 400 pacientes que aguardam os procedimentos na cidade.

Bernardo Rossi aponta que o apoio do Hospital Santa Teresa é fundamental para o sistema único de saúde para ajudar a diminuir as filas dos procedimentos eletivos. 

“Com este parceiro iremos agilizar a fila de espera que é grande no município trazendo mais resolutividade e desempenho ao nosso sistema de saúde”, avalia. “Estamos colocando a casa em ordem, pagando dívidas, trazendo parceiros de volta para atuar conosco, recuperando verbas e oferecendo atendimento digno na área da Saúde”, completa.

O Hospital Santa Teresa é referência no município na realização dos procedimentos por videolaparoscopia, técnica por vídeo aplicada para retirada de pedra na vesícula, por exemplo, que garante menos risco de infecção, rápida recuperação e reduz o tempo de internação do paciente na unidade.

“O município faz um grande esforço para o pagamento da dívida, que foi parcelada e para deixarmos em dias todas as obrigações com o Santa Teresa e outros parceiros do setor de Saúde, que é prioridade neste governo”, considera Silmar Fortes.

O diretor executivo do Hospital Santa Teresa, Leonardo Menezes, destacou a parceria entre a unidade e o governo municipal. 

"O Hospital Santa Teresa, solidário às necessidades do município, se compromete em aumentar o número de cirurgias eletivas regulares, que já vínhamos realizando. Acreditamos que, dessa forma, podemos colaborar com a população petropolitana e a prefeitura na busca por melhores condições de saúde", afirmou Leonardo Menezes.

Nenhum comentário: