Guarda Civil inaugura posto fixo na Praça da Liberdade: Cinco guardas irão se revezar 24 horas por dia



Espaço vai compartilhar Centro de Informações Turísticas e câmeras de segurança 

A Guarda Civil garantiu a presença fixa 24 horas, de domingo a domingo, na Praça da Liberdade. O espaço onde fica o Centro de Informações Turísticas (CIT) agora abriga também quatro câmeras e serve de apoio para cinco guardas se revezarem diariamente (total de 20 homens) na proteção de um dos principais atrativos para visitantes da cidade. A inauguração do posto aconteceu nesta quarta-feira (01.02).

Para abrigar o posto fixo da Guarda Civil, o CIT passou por uma pequena reforma durante cerca de 20 dias. O local recebeu uma nova pintura e ganhou mobiliário - camas, geladeira e microondas. Também foram colocadas quatro câmeras, adquiridas com os recursos de uma emenda da deputada federal Cristiane Brasil (PTB-RJ). A verba havia sido destinada para aquisição desse equipamento, mas não houve, por parte da gestão passada, interesse em construir a base.  O prefeito Bernardo Rossi recuperou o valor e autorizou a alocação do posto para aumentar a segurança das pessoas que fazem uso do espaço.

O vice-prefeito Baninho, que representou o prefeito Bernardo Rossi na inauguração, disse que a prefeitura está em frequente diálogo com a Guarda Civil e quem ganha com isso é a cidade. 

“As famílias poderão utilizar esse espaço, inclusive à noite, durante toda semana com segurança e tranquilidade, e não apenas aos sábados e domingos durante o dia como é visto atualmente. Isso é possível graças ao empenho da Guarda Civil. Observamos a empolgação de vocês e o governo está aberto ao diálogo para esse trabalho aumentar. Petrópolis só vai ganhar com isso”, disse o vice. 

A proteção das praças da cidade é um dos tópicos da futura secretaria de Serviços, Segurança e Ordem Pública, que será comandada por Djalma Januzzi, a partir da reforma administrativa. A intenção é devolver esses espaços de convivência de pessoas de todas as idades para a população.

O primeiro passo nesse sentido foi à instalação do ônibus de videomonitoramento do programa “Crack, é possível vencer”. O veículo ficou três anos e meio parado porque o governo passado não comprou o software que permite gravação das imagens feitas pelas câmeras. Em menos de 15 dias, o governo Bernardo Rossi providenciou esse equipamento e levou o ônibus para a Praça Visconde de Mauá (Praça da Águia). Após a inauguração do posto da Praça Liberdade, estão sendo planejadas ações para a Praça Duque de Caxias (Praça do Skate). 

“A Praça da Liberdade já está com monitoramento de câmeras e de guardas durante 24 horas. As praças vão voltar a ser espaços para a família, como determinou o prefeito Bernardo Rossi. Sinto-me feliz de fazer parte desse momento especial”, comentou o chefe da Guarda Civil, Jeferson Calomeni.