Gilda Beatriz apoia lançamento do livro “Camila no Reino da Alvorada, uma princesa com síndrome de Down”



Uma mãe cuja filha tem síndrome de Down lançou uma campanha na internet para incluir personagens da Disney com múltiplas deficiências em filmes infantis. Após ver a reportagem, Luís Fernando Corrêa, 28 anos, escritor, decidiu transformar em realidade o sonho de Keston Ott-Dahl, uma moradora de Antioch, na Califórnia, mãe de Delaney, uma menina de 15 meses com síndrome de Down.

“Delaney é fã da animação Frozen. Eu fiquei impressionado com a matéria e decidi pesquisar e, para a minha surpresa, não havia uma princesa especial. Acabei envolvido por este sonho e decidi escrever um livro como uma forma de presentear todas as meninas com Down. Assim, criei Camila, uma jovem com Síndrome de Down, sonhadora, amorosa e de muita fé”, comenta Luís Fernando, frisando que encontrou em Petrópolis, RJ, o apoio de outra mãe para a realização desse projeto.
“Quando descobri que em Petrópolis havia uma vereadora que luta pelas pessoas com deficiência decidi arriscar. E assim conheci Gilda Beatriz que, imediatamente, apoiou a ideia”, explica.

Gilda Beatriz é psicóloga, especializada em educação inclusiva e mãe de uma adolescente com síndrome de Down.

“Estou muito feliz de ter feito parte da realização desse sonho! Afinal, eu tenho em casa uma princesa com síndrome de Down. Na história, o cromossomo a mais é o cromossomo do amor. Não existe definição mais fiel”, afirma a vereadora, vice-presidente da Comissão de Defesa das Pessoas com Deficiência e do Idoso da Câmara Municipal. 

Comentários