Em Brasília, Bernardo Rossi consegue apoio do Ministro da Saúde e Petrópolis receberá mais verbas



O ministro da Saúde, Ricardo Barros disse que enviará equipes a Petrópolis para a implantação do prontuário eletrônico no município. A decisão veio em uma reunião realizada em Brasília, na terça-feira (31), com o prefeito Bernardo Rossi e o secretário de Saúde, Silmar Fortes.

O funcionamento do sistema eletrônico de prontuários é uma exigência legal para que os municípios recebam R$ 10,7 milhões em investimentos na atenção básica. Essa exigência começou a valer em janeiro. O prontuário eletrônico permite que qualquer médico de uma unidade de Saúde possa acessar o histórico do paciente, ajudando no diagnóstico e tratamento.

No encontro, o ministro Ricardo Barros, prometeu empenho na implantação do sistema na cidade.

- Uma equipe do ministério irá acompanhar a implantação do prontuário eletrônico em Petrópolis. O prefeito e o secretário pontuaram as necessidades imediatas do município, solicitamos que elas nos sejam enviadas como propostas e projetos para que possamos analisar e destinar o envio das verbas – afirmou o ministro.

O prefeito também pediu ao ministro que envie verbas para que o município compre equipamentos e invista em obras do Hospital Alcides Carneiro. A obra é orçada em mais de R$ 7 milhões. O prefeito também quer mais recursos para a criação de um centro de reabilitação, a ampliação do teto para custear atendimentos oncológicos e a instalação de laboratórios de análises clínicas nos postos de saúde.

Para o secretário de Saúde, Silmar Fortes, ter o apoio do Ministério da Saúde com o envio de recursos importantes para a pasta representa um avanço no atendimento à população.

- Temos muito trabalho junto à equipe de gestão, ao elaborar projetos e propostas a serem enviadas ao Ministério com o objetivo de conseguirmos verbas federais para o município - afirmou Silmar.


Comentários