sábado, 11 de fevereiro de 2017

Após diversos assaltos, Única diz que vai colocar detectores de metal



Após o terceiro assalto em pouco menos de 40 dias, a Única - Fácil, empresa que opera as linhas de ônibus do Rio de Janeiro com destino a Petrópolis, anunciou a compra de quatro detectores de metal, que serão utilizados no embarque da Rodoviária Novo Rio. De acordo com o gerente operacional da empresa, Luiz Vinhaes, a medida tem por objetivo oferecer maior segurança para os passageiros, ainda que a responsabilidade, de acordo com lei estadual, seja de responsabilidade das administrações dos terminais rodoviários.

- Já compramos dois detectores, que estão chegando, e estamos tentando comprar mais dois, para já atuar de forma emergencial. Mesmo não tendo poder de polícia, estamos fazendo tudo que está dentro do nosso alcance para evitar os assaltos nos nossos ônibus. Prezamos pela segurança dos nossos passageiros e dos nossos funcionários – disse Vinhaes.

O gerente operacional da Única - Fácil também destacou as medidas que a empresa está tomando para evitar assaltos, como o aplicativo Move, de compra de passagens online. O novo sistema permite a compra de passagens pela internet, por vale-transporte e por dinheiro, além de cartões de crédito e débito. No entanto, o embarque durante o trajeto só poderá ser realizado por pessoas que estiverem cadastradas no sistema.

- Esse sistema vai aumentar a segurança, principalmente nos ônibus para Duque de Caxias e Nova Iguaçu, onde temos que parar nos pontos onde houver parada no meio do caminho. Quando o Move estiver pronto, os passageiros só poderão embarcar em pontos ao longo do trecho desta forma – disse o gerente operacional. Os assaltos no meio do caminho, em percurso urbano, ainda são os mais comuns.

Criminosos compraram passagem de cambista

Um esquema de venda de passagens por cambistas é apontada pela empresa Única - Fácil como o fator responsável pelo último assalto na linha Rio - Petrópolis, na terça-feira. De acordo com o gerente operacional da Única, Luiz Vinhaes, os dois criminosos compraram as passagens no lado de fora da Rodoviária Novo Rio com cambistas, sem passar pelo controle da empresa. Os criminosos conseguiram driblar a segurança da rodoviária, passando pela parte de trás do terminal e entrando direto na área de embarque – sem passar pela bilheteria nem pelo saguão de espera.

O esquema funciona da seguinte forma: uma pessoa retira o voucher das passagens do cartão de vale-transporte e entrega para um cambista, que fica com 30% do que for vendido.

Processo

Um dos passageiros que estavam no ônibus que foi assaltado na terça-feira (7), o advogado Paulo Marcio Klein pretende ingressar uma ação judicial por reparação de danos materiais contra a Única – Fácil, pela falta de segurança na viagem.

- Os assaltos contra os ônibus da Única são recorrentes e, ao que parece, um dos assaltantes já havia cometido o crime no ônibus. No meu entendimento, há uma responsabilidade objetiva da empresa em garantir a segurança dos passageiros, de acordo com o Código de Defesa do Consumidor, e ela falhou nisso – disse Paulo Marcio, que teve a aliança, o celular e a quantia de R$ 100 roubadas.

Procurada pelo Diário, a Única – Fácil afirmou que o poder de fiscalização na área da segurança é o Governo do Estado, e que vem realizando, constantemente, investimentos para coibir os assaltos nos veículos da empresa.

Nenhum comentário: