Vereadora Gilda Beatriz vai colaborar com força tarefa para melhorias de escolas do município



A precária estrutura de muitas unidades de ensino em Petrópolis, RJ, foi alvo de diversas denúncias durante o primeiro mandato de Gilda Beatriz, então vice-presidente da Comissão de Defesa da Educação da Câmara de Vereadores. No início da semana, a vereadora demonstrou satisfação com a notícia divulgada pelo governo sobre a formação de uma força tarefa para realizar reparos emergenciais em escolas do município e afirmou que pretende acompanhar os trabalhos de perto. 

“Não é de hoje que venho denunciando a situação alarmante das nossas escolas. Durante minha agenda de fiscalizações, encontrei alunos estudando na varanda, problemas estruturais graves em algumas escolas, falta de merenda escolar e material básico. Por diversas vezes acionei o Ministério Público como último recurso. Estou feliz em ver que o prefeito Bernardo Rossi iniciou seu governo com a mesma preocupação. Escola não pode ser um depósito de crianças”, comenta. 

Um levantamento feito pela gestão da Secretaria de Educação constatou que a maioria das escolas da rede municipal de ensino está precisando de reparos emergenciais. 

“Estou reencaminhando todos os Ofícios com medidas para pequenas melhorias e reformas para diversas escolas, essa é uma maneira de colaborar com o governo, mas estarei retomando minha agenda de vistorias e assim acompanharei pessoalmente todas as ações. Mesmo estando de licença médica meu gabinete permanece aberto e o nosso gabinete virtual segue a todo vapor, mesmo durante o recesso. Tenho muitas informações e disposição para colaborar com a Secretaria de Educação”, finaliza a vereadora, que já anunciou que pretende assumir a presidência da Comissão de Defesa da Educação no biênio 2017/2018.  

Comentários