Veja os bairros atingidos: Alagamentos e transbordamento em pouco tempo de chuva em Petrópolis



Boletim Defesa Civil 17H20

A Secretaria de Defesa Civil informa que todas as 18 sirenes do primeiro distrito foram acionadas nesta quarta-feira (11.01), às 17h15. A Defesa Civil já solicitou a abertura dos pontos de apoio mantidos pela Prefeitura.

A pancada de chuva da tarde desta quarta-feira não gerou nenhuma ocorrência grave em Petrópolis.

Houve alagamento da Rua Teresa, na altura do número 1.380 e o transbordamento das ruas Coronel Veiga e Bingen. O maior índice pluviométrico foi registrado na Rua 24 de Maio, onde choveu 53 milímetros em uma hora. No bairro Duques, no mesmo período, o registro foi de 51 milímetros. Também ficaram alagadas as ruas Gonçalves Dias, no Valparaíso e Montecaseros, no Centro.

"Temos essa previsão de chuvas fortes para esse período de calor, então é fundamental que os moradores de áreas de risco se previnam. Quem mora nessas regiões deve estar pronto para agir e garantir a segurança de sua família. Caso aconteça o acionamento das sirenes, essas pessoas devem sair imediatamente de suas casas e procurar um local seguro”, explica o Secretário de Defesa Civil Paulo Renato Vaz.

No momento, a Defesa Civil opera no estágio de atenção. Há possibilidade de novas pancadas de chuvas fortes, típicas do verão, no início da noite. No caso de qualquer sinal de instabilidade na casa ou no terreno, o morador deve ligar para o telefone 199 e pedir uma vistoria preventiva da Defesa Civil. A ligação e o serviço são gratuitos.