Sala de Cooperação da Defesa Civil é inaugurada por Bernardo Rossi e já está em funcionamento



Sala de Cooperação vai gerir emergências e atuar em prevenção
Espaço, na Defesa Civil, é inaugurado por Bernardo Rossi e já está em funcionamento

            Em seu primeiro ato administrativo, o prefeito Bernardo Rossi inaugurou a Sala de Cooperação, na sede da Secretaria de Defesa Civil. O principal objetivo é otimizar os atendimentos e a atuação nos casos de desastres naturais provocados pelas chuvas. A Sala Municipal de Coordenação e Controle, nome oficial do espaço, será gerida pelo próprio prefeito e pelo secretário de Defesa Civil, Coronel Paulo Renato Vaz. Ela vai reunir técnicos, especialistas, diretores e secretários de pastas corelacionadas para promover a integração e resposta rápida em casos de emergência e em planejamento de ações de prevenção. É o caso do “Xô, Mosquito”, campanha que inicia com união das secretarias de Educação, Saúde e Defesa Civil para o enfrentamento do mosquito Aedes Aegipty.

            “As questões relacionadas às chuvas durante o verão merecem atenção especial. Por este motivo, estou inaugurando este espaço, que tem como principal objetivo oferecer um serviço ágil e eficaz na resposta de ocorrências decorrentes das chuvas. A população pode ter certeza que o governo municipal estará pronto para qualquer eventualidade”, destacou Bernardo Rossi.

            A Sala de Cooperação funcionará sempre que haja alguma emergência decorrente das chuvas. Mas, pelo seu caráter multiuso, também será utilizada para outras funções ao longo do ano, como a promoção de cursos, palestras e outras ações direcionadas pela Defesa Civil.

            Dentro do escopo elaborado para a construção da Sala de Cooperação haverá a participação efetiva de diversas secretarias municipais, de órgãos como o Corpo de Bombeiros e Polícia Militar, além das concessionárias de água, luz, gás e demais instituições federais e estaduais que possam auxiliar nas questões pertinentes a desastres naturais.

            “Teremos uma comunicação integrada e dinâmica entre todos os entes públicos, concessionárias prestadoras de serviços e órgãos ligados aos governos estadual e federal. Todos estarão imbuídos em um processo mais eficiente, caso sejamos acionados. A preocupação do prefeito Bernardo Rossi com as demandas de proteção é muito grande e quem ganha com isso é a população, que estará respaldada de forma completa”, afirmou o Coronel Paulo Renato Vaz.

            A Sala de Cooperação também será direcionada, durante o verão, para o enfrentamento do mosquito Aedes Aegipty, transmissor da dengue, zika e chikungunya. Serão promovidas ações com a finalidade de extinguir os focos de reprodução do vetor, que em 85% dos casos, encontram-se dentro das residências particulares.

            A Sala de Cooperação também terá a função de ser uma central de inteligência durante o período de estiagem, que acontece no inverno, para o combate aos incêndios florestais, muito comuns em Petrópolis e regiões próximas durante essa época.

            “Vamos promover uma verdadeira frente para agir de forma inteligente durante esses períodos sazonais. O combate a doenças provenientes do mosquito Aedes Aegipty e as queimadas durante o inverno também estão incorporadas ao trabalho que será realizado na Sala de Cooperação. Assim, teremos ações eficientes que solucionarão problemas que acontecem ao longo do ano”, completou o prefeito Bernardo Rossi.

Comentários