Prefeitura faz pedido emergencial à Secretaria Estadual do Ambiente por limpeza do lago de Nogueira


A Secretaria de Desenvolvimento Econômico e Meio Ambiente protocolou um pedido junto à Secretaria Estadual do Ambiente (SEA) pela limpeza emergencial do lago de Nogueira. O local tem sido motivo de diversas denúncias e reclamações dos moradores da região na Secretaria. Por isso, o responsável pelo Meio Ambiente no município, Fred Procópio, foi até a sede da SEA, nesta quinta-feira (26.01), no Rio de Janeiro, fazer a entrega do ofício. O órgão conhece a região e se mostrou solidário ao problema.

“Existe uma preocupação enorme do nosso governo com os rios e mananciais da cidade. O pedido é para que uma frente de trabalho venha fazer a limpeza do Lago o quanto antes e, posteriormente, trabalhe nos demais mananciais do município. Estamos trabalhando junto ao Estado para sanarmos esse problema”, disse o Fred Procópio. “O Estado passa por um momento muito difícil, mas acreditamos que pela importância do local, seremos atendidos”, explicou.

Ainda segundo o futuro secretário, o principal motivo das reclamações são as gigogas. Elas cobrem todo o espelho d’água do lago. A reprodução dessa planta acontece em ambientes aquáticos ricos em fósforo e nitrogênio, presentes em locais poluídos. A função da gigoga é limpar a água.

“Estamos dando total atenção ao problema, já que recebemos muitas reclamações de moradores de Nogueira”, disse Fred. “Nossa função é preservar da melhor maneira, não apenas o lago de Nogueira, como todos os mananciais da cidade. Com a sensibilidade da Secretaria Estadual do Ambiente, vamos conseguir fazer um trabalho importante de preservação”, afirmou.