quinta-feira, 19 de janeiro de 2017

Prefeitura apresenta ações de prevenção dos efeitos de desastres naturais em Petrópolis



As secretarias de Defesa Civil e Saúde apresentam nesta quinta-feira (19.01), às 13h30, no Theatro Municipal, ao prefeito Bernardo Rossi e a equipes destas pastas e de áreas como Educação e Assistência Social, o Plano de Contingência no Município. Ele determina as ações principais de prevenção e mitigação dos efeitos de desastres naturais, em especial as chuvas de Verão. 

Defesa Civil, Saúde e Educação já vão operar integradas, com treinamento interno das equipes na prevenção e orientação à população e também nas ações práticas que precisarão ser implementadas nos casos de ocorrências.  Secretarias como a de Assistência Social também se integram ao plano com previsão de sua atuação nos atendimentos à população. 

O secretário da Defesa Civil, Paulo Renato Vaz, explicou que as ações de conscientização devem ser iniciadas ainda nas escolas e confirmou o compromisso de atuação efetiva da secretaria com apoio das demais pastas. 

“Como forma de prevenção, nós pretendemos implantar um plano de ação de desastres no verão e outro no inverno. Nas ações de verão estão todas as vistorias e interdições de casas em áreas de riscos, mas é preciso também iniciar a conscientização da população e o trabalho dentro das escolas se faz essencial neste processo. Os treinamentos já estão agendados para março e acontecerão na Casa dos Conselhos”, explica. 

O secretário de Saúde, Silmar Fortes, antecipa que a sua pasta terá uma comissão permanente para tratar não só das chuvas de verão como ações de prevenção como o combate ao mosquito Aedes Aegypti. 

“Nosso objetivo é que as ações sejam amplamente divulgadas e os postos de saúde também terão essa missão de conscientizar a população”, explicou

Os cursos no Samu já irão acontecer neste mês para as equipes dos postos de saúde da família, mas há ainda a necessidade da integração junto às escolas e comunidade. O secretário de educação, Anderson Juliano se colocou à disposição para auxiliar neste processo.

"As escolas estarão sempre abertas para receber os agentes. Os treinamentos são de extrema importância e devem contar com a participação da comunidade escolar. Os profissionais da educação poderão ser capacitados e essa medida representará um ganho para o município e para a rede como um todo.", afirma Anderson Juliano.

Nenhum comentário: