Prefeito garante apoio para construção do ambulatório-escola da Faculdade de Medicina e uma Unidade de Saúde Mental



Investimentos de mais de R$ 17 milhões na área da Saúde terão não só apoio como a parceria da Prefeitura.  O compromisso é do prefeito Bernardo Rossi, em reunião nesta  segunda-feira (30.01) com a diretoria da Faculdade de Medicina de Petrópolis e Fase.  Dois dos projetos são um novo prédio de ambulatório-escola da Faculdade de Medicina que vai ser construído em Cascatinha e uma Unidade de Saúde Mental, também da FMP, em Nova Cascatinha. O primeiro é avaliado em R$ 15 milhões e o segundo vai consumir R$ 2 milhões. A reunião foi realizada entre a supervisora geral da Faculdade de Medicina de Petrópolis e Fase, Maria Isabel de Sá Earp Chaves.

“As ações apresentadas vão ao encontro do que o governo quer:  parceria de pessoas, entes e instituições que querem contribuir e ajudar a cidade, que têm este espírito de desenvolvimento. Ganha a cidade, com alunos e com recursos e com serviço à população.  Queremos tornar mais rápida a estruturação destes projetos que também têm forte cunho social”, afirma o prefeito Bernardo Rossi.

O novo prédio do ambulatório-escola vai abrigar o curso de Graduação em Odontologia, autorizado pelo MEC em 2015. Serão 52 consultórios dentários no local, uma das maiores estruturas da região.  Com quatro andares o prédio terá ainda atendimento em pediatria, otorrinolaringologia, ortopedia, oftalmologia, clínica médica e dermatologia. Hoje, são 70 mil atendimentos por ano e a previsão é de dobrar essa capacidade. No local vai funcionar ainda  um Centro de Medicina Regenerativa, uma unidade que vai concentrar pesquisas com células-tronco. A Unidade de Saúde Mental, avaliada em R$ 2 milhões, em Nova Cascatinha, já entrou na fase de autorização das licenças de construção.

“Muito produtiva a reunião, o prefeito está bastante entusiasmado com os projetos de crescimento acadêmico e específicos na área da saúde da FMP e Fase. Vamos estabelecer contato e ampliar as parcerias com o sistema público de saúde”, considera Maria Isabel.

O prefeito Bernardo Rossi esteve acompanhado do vice, Baninho, e a reunião teve ainda a presença de diretores da FMP/Fase: diretor geral da FMP, Paulo César Guimarães; do diretor financeiro da Fase, Afonso Chaves; do coordenador de Projetos e Extensão da Fase,  Ricardo Tammela, do coordenador Geral de Ensino, Abílio Aranha, e do coordenador de programas de residência média , Miguel Kouri.