sexta-feira, 27 de janeiro de 2017

Nem só de frutas e verduras vivem as pessoas que dão preferência aos produtos orgânicos. O arroz de todo dia também já possui esta versão



São chamados de alimentos orgânicos aqueles que são cultivados livres de insumos artificiais, como os adubos químicos e os agrotóxicos, resultando num produto mais saudável que o convencional. Com o crescimento da conscientização por parte dos consumidores sobre a importância de uma alimentação saudável, o mercado de orgânico vem ganhando mais espaço nas gôndolas.

A gama de produtos industrializados está cada vez mais extensa, facilitando a rotina de quem busca uma alimentação saudável, equilibrada e o mais natural possível. O arroz de todo dia, por exemplo, tem sua versão orgânica.

Diferença do arroz branco para o integral orgânico 
O arroz integral orgânico é o grão descascado não polido, sem nenhum tipo de químico em seu cultivo e preparo e que não passa por nenhum processo de refinamento, preservando os nutrientes. Além disso, o grão tem sabor amendoado, textura fibrosa e possui proteínas, sais minerais (fósforo, ferro e cálcio), vitaminas do complexo B, fibras e maior quantidade de gordura “boa” (benéfica à saúde).

“A parte do grão com a maior quantidade de nutrientes é preservada e isso faz com que o sistema gastrointestinal seja estimulado, além de aumentar o período de saciedade. O arroz integral possui um índice glicêmico menor, o que faz que seja convertido em açúcar no sangue em uma velocidade muito menor que o arroz branco. Isso, além de outras vantagens, faz com que a saciedade dure por muito mais tempo, tornando o alimento integral um poderoso aliado também no emagrecimento”, explica Ana Paula Bruzza.

Nenhum comentário: