Governo Rossi vai recuperar frota de veículos da Secretaria de Saúde



O sucateamento da frota de veículos da Secretaria de Saúde, deixado pelo governo anterior, afetou carros, motos e ambulâncias. Dos 84 veículos, 33 precisam de manutenção e serão recuperados. Levantamento feito pela Secretaria de Saúde mostra que dos 48 carros administrativos, apenas 27 estão aptos a atender a população. Das 15 ambulâncias, cinco estão quebradas e 10 estão em atividade - duas delas no Samu para atendimentos residenciais de urgência e emergência. Das 21 motos, que dão assistência aos bairros em ações de agentes comunitários, sete estão fora de circulação.

O secretário de Saúde, Silmar Fortes, explicou que o contrato da empresa que presta a manutenção da frota está sendo reavaliado.

 “A falta de revisão mecânica levou a uma série de problemas que, acumulados, inviabilizaram o uso dos veículos. Estamos reavaliando o contrato para iniciarmos a recuperação da frota. Esta é mais uma herança deixada pela gestão anterior, que temos que consertar”, explicou Silmar Fortes.

A última leva de veículos recebida pela Secretaria de Saúde foi em 2015: dois carros e uma ambulância básica. Devido a falta de revisão,hoje todos apresentam problemas e exigem conserto. Os 33 veículos quebrados estão distribuídos em três depósitos da cidade (Morin, Carangola e Cascatinha) e apresentam problemas simples, que poderiam ser resolvidos com manutenção, comode troca de óleo, pneus, buzinas e baterias.  Há ainda uma grande leva de carros, que sem os devidos cuidados estão sucateados com latarias amassadas e enferrujadas.

Com a frota em dia, a população será mais bem assistida. Atualmente duas vans são usadas diariamente para o transporte de pacientes ao Rio de Janeiro e outros municípios. Em média,30 pacientes são submetidos a tratamentos fora da cidade como hemodiálise, tratamentos oncológicos e em recuperação por transplantes renais.

“Alguns pacientes são encaminhados a municípios próximos para realizarem tratamento contínuo. Estamos nos organizando para colocar essa frota em dia e, assim,aperfeiçoaremos a assistência à população”, destaca Silmar Fortes.