sexta-feira, 27 de janeiro de 2017

Governo inicia recuperação da Casa da Educação Visconde de Mauá


Inaugurada em 2014 para ser um polo de formação continuada para os professores da rede municipal, imóvel histórico precisa de reparos urgentes

As secretarias de Educação e de Obras iniciaram esta semana o processo de recuperação da Casa de Educação Visconde de Mauá. O telhado será a primeira parte a ser consertada, com a troca das telhas. O serviço irá acabar com os problemas de infiltração que tomaram conta das salas, por falta de manutenção do prédio registrada nos últimos anos.

“São imóveis históricos e que são usados por servidores, que chegaram à estado de degradação. Estamos recuperando os prédios públicos para oferecer condições de atendimento e de trabalho”, indica o prefeito Bernardo Rossi.

Adaptado para ser um polo de educação continuada direcionada aos profissionais da rede, o imóvel foi entregue com diversos problemas estruturais, como calhas e telhas quebradas que estavam causando as infiltrações em todo o espaço.  Quando chove, a água escorria até mesmo pelas luminárias. As paredes estão descascando e problemas na parte hidráulica estão ocasionando vazamentos nos banheiros. As salas de aula estão comprometidas, os vidros estão quebrados e, por causa da umidade, e os rodapés estão apodrecidos. Uma infestação de formigas também corrói o piso e incomoda as pessoas que usam o espaço. A última dedetização foi feita em 2013.

“Esse é mais um imóvel que foi reformado na gestão passada e que em pouquíssimo tempo já está deteriorado. Um prédio importante para o município que foi deixado de lado, uma casa histórica que precisa de atenção, porque além de tudo, é um espaço essencial para a realização da formação continuada para os professores da rede. Apesar dos problemas financeiros que estamos enfrentando, faremos o possível para que todos os reparos sejam feitos”, afirma o secretário de Educação, Anderson Juliano.

Para amenizar todos os problemas, a Secretaria de Educação providencia os reparos nas salas de aula. Uma nova instalação para o gás será feita, além da dedetização do espaço. Vidros novos substituirão os quebrados e os corredores do andar inferior serão preparados para acondicionar duas galerias que serão abertas ao público. 

Nenhum comentário: