quarta-feira, 18 de janeiro de 2017

Defesa Civil interdita mais nove casas na Rua Uruguai

A decisão foi tomada após uma reunião entre a Defesa Civil e o Serviço Geológico do Estado do Rio de Janeiro

Após reuniões entre a Defesa Civil e o Serviço Geológico do Estado do Rio de Janeiro (DRM), mais nove imóveis na Rua Uruguai, no bairro Quitandinha foram interditados. Após estudos, uma área maior com risco elevado de novos rolamentos de rochas foi definido. Agentes da Defesa Civil, ao lado do secretário Paulo Renato Vaz, visitaram as famílias que moram no local, com o objetivo de explicar os motivos das novas interdições e conscientizar os moradores dos riscos da região. 

A nova gestão municipal já garantiu o pagamento de R$ 427 mil à empresa responsável pela obras no local. Secretaria de Obras e Defesa Civil pediram celeridade no início das intervenções de contenção de rochas. Na noite de 14 novembro de 2016, o desmoronamento de duas toneladas de rochas de uma altura de 200 metros destruiu três casas, deixando dois mortos.

"Seguimos agindo para que não sejam perdidas mais vidas", disse o secretário de Defesa Civil, Paulo Renato Vaz. "Esse é mais uma medida de prevenção da Defesa Civil. O risco de novos deslizamentos de pedras existe e o Serviço Geológico do Estado do Rio de Janeiro acha prudente as novas interdições. Estamos trabalhando pensando na segurança da população da região", disse.

No local continuam sendo realizados o desmonte e a retirada das pedras, além da construção de um dique que funcione como um “colchão”, amortecendo outras rochas que vierem a se deslocar do maciço rochoso. Os serviços de limpeza e desobstrução da via também estão sendo realizados. 

"Não vamos deixar os moradores da Rua Uruguai desamparados", afirmou Paulo Renato. Existia um receio por parte deles se as obras iriam continuar, mas já deixamos claro que os trabalhos seguem normalmente. Nossa gestão, inclusive, fez o pagamento da primeira parcela para garantir a continuidade dos trabalhos. Queremos acalmar a população e mostrar que está tudo sendo feito para atender da melhor maneira os moradores", disse.

Nenhum comentário: