Bernardo Rossi acompanha construção de casas do Vicenzo Rivetti

Prefeito comemorou a retomada das obras do Minha Casa Minha Vida após articulação dele com a Caixa e governo federal 

O prefeito Bernardo Rossi vistoriou na manhã desta quarta-feira (25.01) a construção de 760 moradias do programa Minha Casa Minha Vida, faixa I, no Vicenzo Rivetti, Carangola, retomadas em dezembro, depois de terem ficado paradas por dois anos. Durante todo ano passado, como secretário de Estado de Habitação e depois, como deputado estadual, ele se reuniu com a superintendência regional da Caixa Econômica Federal (CEF) para a retomada das obras, que ficaram mais de dois anos paradas. Em novembro, já eleito, o prefeito voltou a se reunir com o banco que libera os recursos do programa habitacional e as obras voltaram no mês seguinte.

A articulação de Bernardo Rossi teve peso decisivo para homologação por parte da CEF da empresa AB Construtora, substituta da antiga empreiteira, que abandonou a obra. Agora, a construção das unidades segue em ritmo normal. 

“Temos de recuperar o tempo perdido. São dois anos com obras paralisadas e faltou disposição da antiga administração de deixar questões partidárias de lado para unir forças em prol de uma política habitacional”, afirma Bernardo, contando que em novembro, como prefeito eleito, com reuniões na Caixa e no Ministério das Cidades, foi possível os órgãos terem a segurança necessária para a retomada do projeto. “Essa é uma vitória e agora vamos avançar mais na construção de casas”, destacou o prefeito. 

Essas unidades vão beneficiar pessoas que foram atingidas pela chuva de 2011. O objetivo de Bernardo Rossi é encontrar outros locais que possam servir para a construção de mais moradias. 

“O foco agora é buscar mais terrenos que possamos oferecer ao governo federal para construção de mais moradias pela Minha Casa Minha Vida”, comentou Bernardo Rossi. O prefeito esteve acompanhado do vice-prefeito, Baninho, do secretário de Obras, Ronaldo Medeiros, e do gerente da Caixa em Petrópolis, Pedro Mattoso.