Médico da USF do Quitandinha foi o vencedor do desafio Estratégia Amamenta e Alimenta Brasil 2016



O médico da Unidade de Saúde da Família (USF) Vila Saúde, no Quitandinha, Roberto Biasi Filho foi o vencedor do desafio Estratégia Amamenta e Alimenta Brasil (EAAB) 2016. O prêmio – participação no XIV Encontro Nacional de Aleitamento Materno e IV Encontro Nacional de Alimentação Complementar - foi concedido pelo Ministério da Saúde devido à realização de oficinas de trabalho para qualificar profissionais de saúde da Rede de Atenção Básica sobre o aleitamento materno e alimentação complementar. O evento aconteceu entre os dias 22 e 25 de novembro, em Florianópolis (SC).

O prêmio, a nível nacional, foi concedido em forma de desafio aos tutores da Estratégia Amamenta e Alimenta Brasil. Em Petrópolis, são dois tutores: o médico Roberto Biasi Filho e a coordenadora do Programa de Assistência Integral à Saúde da Criança da Secretaria de Saúde, a médica Márcia Faria. O prêmio – a viagem paga para participar do encontro – seria concedida ao tutor que realizasse maior número de oficinas de capacitação com os profissionais das unidades básicas de saúde. Devendo essas  oficinas serem cadastradas no  sistema de gerenciamento da EAAB. 

“Em nove de novembro recebi um e-mail informando que havia ganhado o desafio. Congratulações para mim e para o município de Petrópolis, como postou a coordenação da EAAB.  Foi um reconhecimento ao trabalho que estamos  desenvolvendo no município, apoiados pela Diretora e Coordenadores dos Programas do Departamento de Atenção Básica da Secretaria de Saúde de Petrópolis”, comemorou o médico que atua há 30 anos na Prefeitura e há 17 como médico de Estratégia Saúde da Família. “Esse encontro nacional acontece a cada dois anos, tornando-se uma grande oportunidade para tomar conhecimento das pesquisas nacionais relacionadas  as práticas de aleitamento materno e alimentação complementar, e uma grande oportunidade de trocar experiências, construir saberes e novos desafios  com os profissionais  que abraçam essa causa com o objetivo de promover  um desenvolvimento saudável para as nossas crianças até dois anos de idade, que é o foco da EAAB”, disse.