Deslizamentos de terra provocam alterações nos itinerários de ônibus



As fortes chuvas que atingem a cidade desde ontem causaram deslizamentos em diversas vias da cidade, provocando alterações de alguns itinerários das linhas de ônibus. No momento, as linhas que atendem os bairros Independência, Morin e Santa Luzia, não estão indo até o ponto final. No Pedro Ivo, um ônibus escorregou na pista molhada, caindo em uma vala. Uma equipe da empresa Petro Ita foi enviada ao local. Ninguém ficou ferido.

Os ônibus da empresa Petro Ita que atendem a linha 463- Alto Independência – Via Cacilda Becker Rua O, estão parando na entrada da linha 435, devido a uma queda de barreira na via. Já os coletivos que operam no Alto Pedro Ivo estão parando no antigo ponto final do bairro. A linha 470- Santa Isabel está operando com cautela, porque a estrada está em meia pista. Enquanto a Comunidade do Meio da Serra, que estava sem atendimento desde ontem, devido à queda de uma árvore, voltou a ser atendida, por volta das 9h de hoje.

A garagem da empresa Petro Ita, na Rua Coronel Veiga, também foi atingida por uma queda de barreira. Ao todo, 10 ônibus foram danificados pelo deslizamento, que empurrou um contra o outro. A empresa já encaminhou os coletivos para a manutenção.

A linha da Turb 618 – Santa Luzia, em Araras, também não está conseguindo ir até o ponto final. Os ônibus estão parando próximo à entrada da estrada conhecida como Mata Cavalo.

Os ônibus da empresa Cidade Real, que atendem a Comunidade do Vitória, no bairro João Xavier - linha 117- voltaram a circular há pouco após a liberação da via, onde houve deslizamento de terra. O mesmo aconteceu nas regiões do Moinho Preto e Fazenda Inglesa. A empresa informa que está operando nesses locais, mas com dificuldades devido as condições precárias em que as vias se encontram. As demais linhas estão operando normalmente.

Créditos das fotos: Na Rua Cacilda Becker, no bairro Alto Independência, um deslizamento de terras atingiu um carro. / Grupo Águias Notícias