quarta-feira, 14 de dezembro de 2016

Chuva provoca 26 ocorrências em Petrópolis nesta quarta-feira (14.12)



BOLETIM DA DEFESA CIVIL (14/12/2016 – 18h30)

Os moradores de áreas de risco de Petrópolis devem ficar atentos nesta noite (14/12). Conforme alerta encaminhado pelo Centro Nacional de Monitoramento e Alertas de Desastres Naturais (Cemaden) à Secretaria de Defesa Civil e Segurança Pública, há previsão de chuvas fortes ao longo da madrugada e do dia de quinta-feira (15/12), com o risco de deslizamentos. Em função disso, a recomendação da Defesa Civil é que moradores de áreas de risco passem a noite em um local seguro, como casas de amigos ou parentes que não morem em áreas de risco.

Conforme for a necessidade, os pontos de apoio mantidos pela Prefeitura serão abertos, a qualquer hora da madrugada. Moradores de áreas de risco que precisarem desses pontos devem ligar para a Defesa Civil pelo telefone 199. A ligação é gratuita.

“Temos essa previsão de chuvas fortes para a madrugada, então é fundamental que os moradores de áreas de risco se previnam. O risco de deslizamentos nas próximas horas é real. Quem mora em área de risco deve agora agir para garantir a segurança de sua família. Essas pessoas devem sair imediatamente de casa e procurar um local seguro para passar a noite”, disse o secretário de Defesa Civil e Segurança Pública, Rafael Simão.

As chuvas fortes da tarde desta quarta-feira (14/12) não geraram ocorrências graves em Petrópolis. Não houve vítimas ou feridos. Desde as 16h, foram 26 ocorrências registradas pelo telefone 199, sendo a maioria de deslizamentos em vias públicas. Equipes seguem nas ruas atendendo aos chamados.

Os maiores índices pluviométricos registrados em 24 horas foram na João Xavier (126 milímetros), 24 de Maio (115 mm) e Independência (105 mm). Para alertar a população para o risco de deslizamentos generalizados, a Defesa Civil acionou, entre as 15h e as 18h, as 18 sirenes do Sistema de Alerta e Alarme – 24 de Maio, Alto da Serra, Bingen, Dr. Thouzet, Independência, Quitandinha, São Sebastião, Sargento Boening, Siméria e Vila Felipe. Pontos de apoio próximos a sirenes foram abertos.

No caso de qualquer sinal de instabilidade na casa ou no terreno, o morador deve ligar para o telefone 199 e pedir uma vistoria preventiva da Defesa Civil. A ligação e o serviço são gratuitos.

Nenhum comentário: