terça-feira, 1 de novembro de 2016

Petrópolis terá Dia Municipal para a Conscientização e Orientação sobre a Doença de Lúpus



Foi sancionada em Petrópolis, Região Serrana do Rio, a Lei nº 7.457/16, de autoria da vereadora Gilda Beatriz, que institui o dia 10 de maio como o “Dia Municipal de Conscientização e Orientação sobre a Doença de Lúpus”. O roxo é a cor mundial da doença, lembrada na mesma data de cada ano, em âmbito internacional.

– O objetivo é informar e orientar a população, acerca do que é a Doença de Lúpus, suas causas e qual o tratamento necessário. A ideia é reunir pacientes, profissionais de saúde e sociedade em geral para debater sobre as principais dificuldades no tratamento da doença – explica Gilda Beatriz.

O lúpus é uma doença autoimune e crônica, que se caracteriza por atingir diversos órgãos e por alterações nas respostas imunológicas pela presença de anticorpos dirigidos contra proteínas do próprio organismo.
– A campanha ajuda a conscientizar a sociedade para a importância do diagnóstico logo no início da manifestação da doença. O atraso compromete o tratamento – completa a vereadora.

Lúpus é uma doença autoimune rara, mais frequente nas mulheres do que nos homens, provocada por um desequilíbrio do sistema imunológico, exatamente aquele que deveria defender o organismo das agressões externas causadas por vírus, bactérias ou outros agentes patológicos. A defesa imunológica se vira contra os tecidos do próprio organismo como pele, articulações, fígado, coração, pulmão, rins e cérebro. Essas múltiplas formas de manifestação clínica, às vezes, podem confundir e retardar o diagnóstico.

Lúpus exige tratamento cuidadoso por médicos especialistas. Pessoas tratadas adequadamente têm condições de levar vida normal.

Nenhum comentário: