sábado, 26 de novembro de 2016

Petrópolis perdeu 182 postos de trabalho em outubro



Petrópolis teve mais um mês de redução nos postos de trabalho. De acordo com o Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged) do Ministério do Trabalho, a cidade perdeu 182 postos naquele mês. Toda a Região Serrana passou por essa redução, perdendo 1.151 vagas em conjunto.

Com esse resultado, Petrópolis chega novamente na marca dos mil empregos perdidos ao ano. Desde janeiro de 2016, foram 999 vagas de trabalho a menos. No ano passado era pior. A cidade fechou outubro com menos 1.223 postos no ano. O mês de outubro também foi pior em 2015 do que em 2016, com a perda de 290 vagas.

O setor que teve melhor desempenho foi o do Comércio, que teve 114 contratações a mais que as demissões. Já o pior desempenho foi o da Construção Civil. O saldo de empregos foi de -185 postos.

O motivo dessa queda é que muitas obras estão paradas ou embargadas na cidade, segundo o presidente do Sindicato dos Trabalhadores da Indústria de Construção Imobiliária de Petrópolis, José Maria Rabelo.

Por outro lado, nos últimos dias o Governo Federal disse que liberará recursos para retomar investimentos do Minha Casa, Minha Vida, inclusive a do Vicenzo Rivetti em Petrópolis, o que deve acabar contratando mais pessoas.

- Realmente tivemos tempos ruins. A expectativa é que essa obra do Minha Casa ajude. Ela deve contratar pelo menos cem pessoas. Mas seria melhor se as obras paradas voltassem também – disse José Maria.

Saldo de postos de trabalho nos principais setores
Setor
Petrópolis
Região
Indústria de Transformação
-42
30
Construção Civil
-185
-218
Comércio
114
296
Serviços
-57
-1.248
Total
-182
-1.151

fonte: Diário de Petrópolis

Nenhum comentário: